Segunda, 31 Agosto 2015 18:33

Nº 1355

Terça, 02 Junho 2015 19:39

Nº 1351

Terça, 02 Junho 2015 19:08

Diretores da FUP e uma comissão de representantes dos sindicatos filiados se reuniram no dia 20 de maio, no Rio de Janeiro, com a Petrobrás e a empresa que opera o Benefício Farmácia, a Global saúde. A pauta foi a cobrança por soluções dos problemas apontados pelos usuários do programa. O Sindipetro Paraná e Santa Catarina enviou dois dirigentes, os companheiros Claudiney Batista, secretário de saúde do Sindicato, e Antônio Carlos Silva, coordenador da secretaria dos aposentados e pensionistas.

Na oportunidade, os sindicalistas relataram todas as dificuldades que os petroleiros têm para adquirir medicamentos, conforme denúncias que chegaram às entidades, por conta dos transtornos causados pela mudança da operadora. A Global Saúde pediu um prazo de trinta dias para corrigir as distorções que estão acontecendo e apresentar um relatório com a evolução das providências tomadas.

As críticas da FUP e sindicatos à gestão do programa foram contundentes. As principais queixas referem-se a não liberação de todos os medicamentos prescritos em receita médica, limite de compras de R$ 400,00 por beneficiário/mês, impossibilidade de efetivação da compra em horários determinados, limite diário de venda por estabelecimento de R$ 1,5 mil, burocracia excessiva e exigências desnecessárias, problemas com o '0800', sistema fora do ar, dificuldades com o reembolso, e a não resposta de análise técnica, entre outros.

A Global, que já foi multada pela Petrobrás por descumprimento de contrato, argumentou que está realizando melhorias no site, no modelo de e-mail, e que está recrutando mais pessoas para os serviços de atendimento aos usuários. A empresa também negou que esteja restringindo a aquisição de medicamentos ou efetuando bloqueios por horário ou valores. Apesar disso, o elevado número de reclamações e a coincidência de motivações leva a crer que existe alguma disposição em dificultar a aquisição dos medicamentos.

Na reunião ficou evidente que a Global tenta justificar as dificuldades explorando as tentativas de fraude contra o sistema. Os ilícitos devem ser combatidos pela operadora, mas não podem servir de desculpa para tantos transtornos que o Benefício Farmácia vem causando. A empresa ainda apresentou um demonstrativo de receitas e despesas e sugeriu uma possível insuficiência de verbas no contrato para atender a demanda.

A principal alegação de defesa da Global é o fato de ter assumido um programa em andamento, abandonado pela e-pharma. A antiga operadora prestava serviços mediante um contrato de reembolso por demanda de medicamentos adquiridos pelos beneficiários. A Global substituiu a e-pharma, sendo remunerada pelo valor de R$ 42,00 por usuário/mês, mas nos demonstrativos apresentados durante a reunião demonstra uma despesa mensal superior ao valor contratado.

Apesar de a operadora não ter demonstrado capacidade para gerir o programa, a principal responsável é a Petrobrás, que terceirizou a gestão do Benefício Farmácia e retirou o controle da gerência de compartilhados da empresa.

No entendimento da FUP e dos sindicatos, a solução para os problemas do Benefício Farmácia passa pela transparência da gestão do programa, com participação dos trabalhadores. Dados sobre o valor arrecadado para o benefício, por exemplo, dariam base para analisar a suficiência, ou não, do contrato firmado. Enquanto estas reivindicações não são atendidas, os trabalhadores exigem que a Petrobrás cumpra o ACT em sua plenitude. 

Recadastramento
Diante dos problemas, foi acordado que o prazo para recadastramento dos usuários, que acabaria no dia 31 de maio, seja prorrogado até 30 de junho. Até o momento, cerca de 180 mil usuários da AMS já se recadastraram para receber os cartões de utilização do benefício. Para fazer o recadastramento, acesse www.portaldobeneficiario.globalsaude.com.br.

Fiscalize!
A FUP disponibilizou um sistema de monitoramento do Benefício Farmácia para que os petroleiros e seus dependentes fiscalizem essa que é uma das principais conquistas da categoria. Acesse o portal www.beneficiofarmacia.fup.org.br ou entre em contato pelo 0800-761-6238.

Quarta, 22 Abril 2015 15:17

Nº 1348

Quinta, 09 Abril 2015 17:49

Nº 1347

Quinta, 02 Abril 2015 14:51

Em reunião com a Petrobrás, FUP cobra solução imediata para problemas no Benefício Farmácia

Quarta, 19 Novembro 2014 13:16

Uma equipe multidisciplinar do RH Corporativo do Sistema Petrobrás vai estar em Joinville na próxima terça-feira (25) para uma palestra sobre o novo modelo do Benefício Farmácia. A atividade será no auditório do Sindicato dos Mecânicos (Rua Luiz Niemeyer, 184, Centro), às 14h00.

A intenção é alcançar os aposentados, pensionistas e os empregados que estiverem de folga ou férias e que não tiveram a oportunidade de assistir a apresentação em sua unidade de trabalho.

A palestra vai abordar os aspectos gerais do novo modelo de benefício e esclarecerá possíveis dúvidas.

Serviço:
O que? Palestra sobre o Benefício Farmácia
Data? 25 de novembro (terça-feira)
Horário? 14h00
Local: Sindicato dos Mecânicos de Joinville
Rua Luiz Niemeyer, 184 – Centro
Joinville | Santa Catarina

Quinta, 04 Setembro 2014 15:34

Uma equipe multidisciplinar do RH Corporativo do Sistema Petrobrás vai estar na Sede do Sindipetro Paraná e Santa Catarina, em Curitiba, nesta sexta-feira (05), a partir das 10 horas, para apresentar o novo modelo do Benefício Farmácia.

A intenção é alcançar os aposentado, pensionistas e os empregados que estiverem de folga ou férias e que não terão a oportunidade de assistir a apresentação em sua unidade de trabalho.

A palestra vai abordar os aspectos gerais do novo modelo de benefício e esclarecerá dúvidas recorrentes.