Quinta, 26 Novembro 2015 16:55

Foram tantas as reclamações sobre problemas na gestão da Global Saúde no Benefício Farmácia que a situação ficou insustentável e o contrato com a empresa foi rompido no dia 15 de setembro.

Junto com a quebra contratual vieram novos problemas com os reembolsos de gastos com medicamentos solicitados à Global. Diante disso, o Sindipetro Paraná e Santa Catarina buscou soluções junto à Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS). A orientação passada ao Sindicato foi de que os beneficiários que requisitaram o reembolso entre 28 de março e 15 de setembro e não obtiveram resposta devem encaminhar até o dia 31 de janeiro de 2016 a documentação (descrita abaixo) para o e-mail reembolsobf@petrobras.com.br ou chave BNF01.

A Petrobras avaliará as solicitações e os beneficiários receberão resposta em dois momentos: o primeiro, quando será acusado o recebimento e indicadas eventuais pendências; o segundo, informando resultado final da análise.Os valores das solicitações aprovadas serão reembolsados pela Petrobras.

• Cupom/nota fiscal ou cópia impressa da Nota Fiscal Eletrônica: referente às despesas com aquisição do medicamento. Devem conter: nome do estabelecimento/instituição; o número do CNPJ; data de compra; o valor da compra; quantidade adquirida; o nome comercial do produto; o número da nota fiscal e demais itens exigidos pela legislação vigente.

• Receita médica ou odontológica dentro do prazo de validade: com CRM/CRO do profissional (legível) e dentro do prazo de validade estipulado. A data da receita é item obrigatório e não poderá ser posterior à data da compra.

• Formulário de Reembolso: formulário preenchido e assinado com dados bancários e CPF do beneficiário titular. O formulário está disponível no site http://www.ams.petrobras.com.br. Para medicamentos cuja cobertura requer análise técnica, será exigida, além dos itens anteriores, a seguinte documentação:

          • Laudos médicos/odontológicos contendo o diagnóstico, a indicação e tempo de duração previsto para o tratamento prescrito;

          • Resultados de exames complementares que comprovem a doença ou a necessidade da medicação;

          • Formulário de Medicamentos Oncológicos preenchido pelo médico prescritor, em casos de tratamento oncológico ou de suporte hematológico à quimioterapia.

Ajuda p/ aposentados!
Os aposentados e pensionistas que tiverem dificuldades em cumprir com os requisitos para o reembolso devem procurar a ajuda do Sindicato pelo telefone (41) 3332.4554 – Ramal 203 ou diretamente na Sede, junto à Secretaria dos Aposentados (R. Lamenha Lins, 2064, Rebouças – Cuririba-PR)

Quinta, 26 Novembro 2015 16:35

Foram tantas as reclamações sobre problemas na gestão da Global Saúde no Benefício Farmácia que a situação ficou insustentável e o contrato com a empresa foi rompido no dia 15 de setembro.

Junto com a quebra contratual vieram novos problemas com os reembolsos de gastos com medicamentos solicitados à Global. Diante disso, o Sindipetro Paraná e Santa Catarina buscou soluções junto à Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS). A orientação passada ao Sindicato foi de que os beneficiários que requisitaram o reembolso entre 28 de março e 15 de setembro e não obtiveram resposta devem encaminhar até o dia 31 de janeiro de 2016 a documentação (descrita abaixo) para o e-mail reembolsobf@petrobras.com.br ou chave BNF01.

A Petrobras avaliará as solicitações e os beneficiários receberão resposta em dois momentos: o primeiro, quando será acusado o recebimento e indicadas eventuais pendências; o segundo, informando resultado final da análise.Os valores das solicitações aprovadas serão reembolsados pela Petrobras.

• Cupom/nota fiscal ou cópia impressa da Nota Fiscal Eletrônica: referente às despesas com aquisição do medicamento. Devem conter: nome do estabelecimento/instituição; o número do CNPJ; data de compra; o valor da compra; quantidade adquirida; o nome comercial do produto; o número da nota fiscal e demais itens exigidos pela legislação vigente.

• Receita médica ou odontológica dentro do prazo de validade: com CRM/CRO do profissional (legível) e dentro do prazo de validade estipulado. A data da receita é item obrigatório e não poderá ser posterior à data da compra.

• Formulário de Reembolso: formulário preenchido e assinado com dados bancários e CPF do beneficiário titular. O formulário está disponível no site http://www.ams.petrobras.com.br. Para medicamentos cuja cobertura requer análise técnica, será exigida, além dos itens anteriores, a seguinte documentação:

          • Laudos médicos/odontológicos contendo o diagnóstico, a indicação e tempo de duração previsto para o tratamento prescrito;

          • Resultados de exames complementares que comprovem a doença ou a necessidade da medicação;

          • Formulário de Medicamentos Oncológicos preenchido pelo médico prescritor, em casos de tratamento oncológico ou de suporte hematológico à quimioterapia.

Ajuda p/ aposentados!
Os aposentados e pensionistas que tiverem dificuldades em cumprir com os requisitos para o reembolso devem procurar a ajuda do Sindicato pelo telefone (41) 3332.4554 – Ramal 203 ou diretamente na Sede, junto à Secretaria dos Aposentados (R. Lamenha Lins, 2064, Rebouças – Cuririba-PR)

Sexta, 16 Outubro 2015 19:35

As eleições na Petros começaram na última quarta-feira (14\10) e vão até o dia 28 de outubro. Os candidatos apoiados pelo Sindipetro PR e SC e a FUP, as duplas 74 e 81, já cumpriram uma extensa agenda pelo país. Paulo César e Norton Cardoso (74 para o Conselho Deliberativo) e Daniel Samarate e Sérgio Lyra (81 para o Conselho Fiscal) explicaram as propostas e esclareceram sobre assuntos referentes à Petros, principalmente quanto ao Acordo para o pagamento dos níveis, a situação do Plano Petros e o Plano Petros 2, as negociações para a renovação do atual Acordo Coletivo do Sistema Petrobrás e a luta em defesa do Benefício Farmácia. A maratona ainda continua até o fim da eleição. Confira abaixo como votar.

O VOTO PASSO A PASSO

O período de votação será das 9 horas de 14 de outubro de 2015 às 17 horas de 28 de outubro.

O eleitor poderá votar pela internet, usando a matricula e senha que usa para acessar o portal da Petros; ou pelo telefone, nesse caso com a senha que será enviada pela Petros pelo Correio a cada eleitor.

Cada eleitor deverá votar em uma única dupla, formada por titular e suplente, para compor o Conselho Deliberativo e em outra dupla, formada por titular e suplente, para compor o Conselho Fiscal.

O eleitor poderá votar também pelo 0800 602 3120, a ligação é gratuita inclusive ligando do celular. Após ligar, o eleitor deverá digitar a sua matricula Petros e a senha de votação, enviada pela Petros pelo Coreio. Em seguida, o eleitor deverá digitar o número da dupla do Conselho Deliberativo – 74 – logo em seguida deverá digitar o número da dupla ao Conselho Fiscal – 81 – após a mensagem eletrônica informar os nomes dos candidatos conforme o eleitor digitou deverá teclar o número um para confirmar e encerrar a votação.

Caso o eleitor tenha votado errado deverá repetir a votação digitando novamente o número da dupla para o Conselho Deliberativo – 74 – e o mesmo para a dupla ao Conselho Fiscal – 84.

Cada eleitor poderá votar somente uma vez, independentemente do número de benefícios que receba da Petros. O tutor e o curador, devidamente qualificados na Petros, poderão votar pelo seu representado. 

Acesse www.vote74e81petros.com.br e acompanhe a eleição.

Quinta, 08 Outubro 2015 14:05

Paulo César Martin (PC), conselheiro deliberativo eleito da Petros, estará em Curitiba na quinta-feira (8) e em São Mateus do Sul na sexta (9) para uma série de atividades com os petroleiros da ativa e aposentados.

 

A agenda na capital e região começa com um bate-papo em frente à Repar, às 07h30, com os trabalhadores da refinaria e da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen-PR). No período da tarde, Paulo César fará uma palestra sobre o déficit da Petros e o benefício farmácia, a partir das 14h00, na sede do Sindipetro Paraná e Santa Catarina (Lamenha Lins, 2064, Rebouças – Curitiba).

 

Na sexta-feira, em São Mateus do Sul, a agenda de PC conta com um bate-papo com os trabalhadores em frente à Usina do Xisto, às 07h30. Ainda no período da manhã, por volta das 10h00, na sede regional sindical do Sindipetro, Paulo César palestrará novamente sobre Petros e benefício farmácia.

 

Quem é Paulo César?

Ingressou na Petrobrás em 1984. Desde 1991 é diretor eleito do Sindicato dos Petroleiros da Bahia. Líder da greve dos petroleiros na Bahia foi demitido em 1994 e reintegrado em 2000. É diretor eleito da FUP desde 1998. Foi Conselheiro Curador e Conselheiro Deliberativo da Petros (2000 à 2008). e da ANAPAR (2007 à 2013). Nesse período, liderou as lutas que barraram o PPV e conquistaram o AOR, garantindo aportes bilionários ao Plano Petros e a implantação do Plano Petros 2. Liderou a criação do novo SINDIPETRO-BA. Atualmente é diretor eleito do SINDIPETRO-BA e da FUP e Conselheiro Deliberativo eleito da Petros (2011-2015).

 

Agenda do PC:

 

Dia 08 de Outubro (quinta) – Curitiba e Araucária

 

07h30 – Bate-papo em frente à Repar com os trabalhadores da refinaria e da Fafen-PR.

12h00 – Almoço na Fafen-PR.

14h00 – Palestra sobre o déficit da Petros e o benefício farmácia, na sede do Sindipetro PR e SC

 

 

Dia 09 de Outubro (sexta) – São Mateus do Sul

 

07h30 – Bate-papo em frente à SIX com os trabalhadores da Usina do Xisto.

 

10h00 – Palestra sobre o déficit da Petros e o benefício farmácia, na sede regional sindical do Sindipetro PR e SC em São Mateus do Sul.

Terça, 06 Outubro 2015 15:22

Paulo César Martin (PC), conselheiro deliberativo eleito da Petros, estará em Curitiba na quinta-feira (8) e em São Mateus do Sul na sexta (9) para uma série de atividades com os petroleiros da ativa e aposentados.

 

A agenda na capital e região começa com um bate-papo em frente à Repar, às 07h30, com os trabalhadores da refinaria e da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen-PR). No período da tarde, Paulo César fará uma palestra sobre o déficit da Petros e o benefício farmácia, a partir das 14h00, na sede do Sindipetro Paraná e Santa Catarina (Lamenha Lins, 2064, Rebouças – Curitiba).

 

Na sexta-feira, em São Mateus do Sul, a agenda de PC conta com um bate-papo com os trabalhadores em frente à Usina do Xisto, às 07h30. Ainda no período da manhã, por volta das 10h00, na sede regional sindical do Sindipetro, Paulo César palestrará novamente sobre Petros e benefício farmácia.

 

Quem é Paulo César?

Ingressou na Petrobrás em 1984. Desde 1991 é diretor eleito do Sindicato dos Petroleiros da Bahia. Líder da greve dos petroleiros na Bahia foi demitido em 1994 e reintegrado em 2000. É diretor eleito da FUP desde 1998. Foi Conselheiro Curador e Conselheiro Deliberativo da Petros (2000 à 2008). e da ANAPAR (2007 à 2013). Nesse período, liderou as lutas que barraram o PPV e conquistaram o AOR, garantindo aportes bilionários ao Plano Petros e a implantação do Plano Petros 2. Liderou a criação do novo SINDIPETRO-BA. Atualmente é diretor eleito do SINDIPETRO-BA e da FUP e Conselheiro Deliberativo eleito da Petros (2011-2015).

 

Agenda do PC:

 

Dia 08 de Outubro (quinta) – Curitiba e Araucária

 

07h30 – Bate-papo em frente à Repar com os trabalhadores da refinaria e da Fafen-PR.

12h00 – Almoço na Fafen-PR.

14h00 – Palestra sobre o déficit da Petros e o benefício farmácia, na sede do Sindipetro PR e SC

 

 

Dia 09 de Outubro (sexta) – São Mateus do Sul

 

07h30 – Bate-papo em frente à SIX com os trabalhadores da Usina do Xisto.

 

10h00 – Palestra sobre o déficit da Petros e o benefício farmácia, na sede regional sindical do Sindipetro PR e SC em São Mateus do Sul.

Segunda, 21 Setembro 2015 19:44

 

A Global Saúde assumiu a administração do Benefício Farmácia há menos de seis meses e desde então demonstrou falta de capacidade para conduzir o programa. A enxurrada de justas reclamações começou concomitantemente à nova gestão, em meados de abril.

 

Problemas na rede credenciada, bloqueio de liberações de medicamentos, restrição nas compras, atrasos constantes nos ressarcimentos, entre outros tantos problemas levaram a Petrobrás a anunciar no dia 15 de setembro o encerramento de contrato com a Global. A notícia ruim é que o benefício está suspenso até que outra empresa seja contratada.

 

A interrupção do Benefício Farmácia descumpre o Acordo Coletivo de Trabalho e a categoria exige o restabelecimento no menor prazo possível. Enquanto a solução não vem, os casos mais crônicos continuam sendo atendidos na modalidade delivery.

 

Orientações

Até que o contrato seja firmado com uma nova operadora, o serviço de delivery fica disponível para medicamentos oncológicos e de alto custo. Os pedidos devem ser encaminhados para o e-mail deliverybf@petrobras.com.br

 

Com relação ao reembolso, a orientação da AMS (Assistência Multidisciplinar de Saúde) é para que os beneficiários guardem a receita médica utilizada na compra dos medicamentos, bem como a respectiva nota fiscal. O reembolso poderá ser requisitado junto à nova operadora do Benefício Farmácia, tão logo o contrato entre em vigor. Essa orientação vale para todos os reembolsos que ainda não tenham sido solicitados à Global Saúde.

Segunda, 21 Setembro 2015 19:32

A Global Saúde assumiu a administração do Benefício Farmácia há menos de seis meses e desde então demonstrou falta de capacidade para conduzir o programa. A enxurrada de justas reclamações começou concomitantemente à nova gestão, em meados de abril.

 

Problemas na rede credenciada, bloqueio de liberações de medicamentos, restrição nas compras, atrasos constantes nos ressarcimentos, entre outros tantos problemas levaram a Petrobrás a anunciar no dia 15 de setembro o encerramento de contrato com a Global. A notícia ruim é que o benefício está suspenso até que outra empresa seja contratada.

 

A interrupção do Benefício Farmácia descumpre o Acordo Coletivo de Trabalho e a categoria exige o restabelecimento no menor prazo possível. Enquanto a solução não vem, os casos mais crônicos continuam sendo atendidos na modalidade delivery.

 

Orientações

Até que o contrato seja firmado com uma nova operadora, o serviço de delivery fica disponível para medicamentos oncológicos e de alto custo. Os pedidos devem ser encaminhados para o e-mail deliverybf@petrobras.com.br

 

Com relação ao reembolso, a orientação da AMS (Assistência Multidisciplinar de Saúde) é para que os beneficiários guardem a receita médica utilizada na compra dos medicamentos, bem como a respectiva nota fiscal. O reembolso poderá ser requisitado junto à nova operadora do Benefício Farmácia, tão logo o contrato entre em vigor. Essa orientação vale para todos os reembolsos que ainda não tenham sido solicitados à Global Saúde.

Quinta, 17 Setembro 2015 20:02

A FUP já vinha denunciando ao longo deste ano o boicote e os ataques da Petrobrás ao Benefício Farmácia. No último dia 15, a companhia anunciou o encerramento do contrato com a Global Saúde, empresa que havia assumido em março a operação do benefício, e informou que suspenderá o programa, bem como as contribuições dos beneficiários, até a contratação de uma nova operadora. A interrupção do Benefício Farmácia é um flagrante descumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho e mais um reflexo do processo de desmonte em curso no Sistema Petrobrás.

A companhia entregou nas mãos de uma empresa privada a operação e fiscalização do Benefício Farmácia, o que resultou em uma série de problemas e transtornos para os usuários. Os erros de gestão devem ser corrigidos e não podem, de forma alguma, inviabilizar um direito garantido pela categoria. Essa é uma conquista histórica, que precisa ser preservada, pois impacta diretamente a saúde dos milhares de aposentados, pensionistas e trabalhadores da ativa que utilizam regularmente o benefício.  A FUP exige, portanto, que a Petrobrás cumpra o Acordo Coletivo, restabelecendo, imediatamente, o Benefício Farmácia.

Fonte: FUP