Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Mostrando itens por tag: petroleiros
Quarta, 16 Outubro 2013 14:11

Envie o modelo de mensagem aos parlamentares para impedir a privatização do petróleo brasileiro

Terça, 15 Outubro 2013 20:02

Cobre dos deputados e senadores a assinatura na petição do regime de urgência ao PDS 203/2013 e o voto favorável ao cancelamento do leilão

Terça, 15 Outubro 2013 16:49

Atos em diversas cidades do país serão realizados nesta quinta-feira (17) para impedir a entrega do patrimônio do povo ao mercado privado e às multinacionais do petróleo. Em Curitiba, a manifestação será na Boca Maldita, a partir das 16h30

Quinta, 10 Outubro 2013 19:30

A partir desta quinta-feira (10) e até a próxima quarta (16) o Sindicato realiza as assembleias para que os petroleiros do Paraná e Santa Catarina avaliem os indicativos de rejeição da proposta de cláusulas econômicas e sociais, apresentadas pela Petrobrás na segunda-feira (07), e de greve por tempo indeterminado a partir do dia 17 de outubro.

A proposta da empresa, além de incompleta, não contempla as reivindicações dos trabalhadores. Em relação às cláusulas econômicas, a empresa propõe o reajuste em 7,68% no salário dos trabalhadores na tabela da RMNR, que representa o ganho real entre 1,17% a 1,5% e um abono correspondente a uma remuneração ou R$ 4.000,00, o que for maior. (Acesse aqui a íntegra da proposta da Petrobrás)

A categoria reivindica 5% de ganho real, condições seguras de trabalho para todos, fundo garantidor para os trabalhadores terceirizados, melhoria dos benefícios, mudanças no PCAC, entre outras reivindicações da categoria.

A indicação de greve da FUP e seus sindicatos foi motivada não só para que a Petrobrás apresente uma proposta decente aos petroleiros, mas para intensificar a luta pelo fundo garantidor para os trabalhadores terceirizados, pela derrota do PL 4330, que regulariza a precarização do trabalho, e pela suspensão imediata do leilão do campo de Libra, que é uma das principais bandeiras de luta da categoria nesta campanha reivindicatória.

Assembleias Repar - O Sindipetro informa que as assembleias com os grupos 1 e 2 da Repar tiveram que ser direcionadas para a Sede do Sindipetro (R. Lamenha Lins, 2064, Rebouças) por  problemas de agenda. Nesta sexta-feira (11) acontece ato contra o leilão do pré-sal, às 10h00, na Boca Maldita, e na segunda (14) haverá audiência pública sobre o mesmo tema no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná, a partir das 09h. Diante disso, a assembleia que abrange os grupos 1 e 2 da Repar e os aposentados da região de Curitiba ficou para terça-feira (15), às 17h30. Clique aqui para acessar o Edital de Convocação de Assembleia.

Confira o quadro das assembleias:

BASE

LOCAL

DATA

HORÁRIO

Araucária/PR

Em frente da REPAR / Grupo 4

10/10/2013

15h00

Em frente à REPAR / Grupo 5

14/10/2013

15h00

Em frente à REPAR / Grupo 3 + Administrativo

15/10/2013

07h00

Curitiba/PR

SEDE DO SINDIPETRO PR/SC EM CURITIBA/PR

R. LAMENHA LINS, 2064 (aposentados + Grupo 1 e 2)

15/10/2013

17h30

Biguaçu/SC

Em frente ao Restaurante Meurer

Estrada Geral Santa Cruz, s/nº, Biguaçu-SC.

16/10/2013

14h30

Guaramirim/SC

Em frente ao TEMIRIM

14/10/2013

09h30

Itajaí/SC

Em frente ao TEJAÍ

16/10/2013

12h30

Em frente à UO-SUL

16/10/2013

09h30

Joinville/SC

REGIONAL DO SINDIPETRO EM JOINVILLE/SC

Rua Elly Soares nº 127, bairro Floresta

14/10/2013

17h00

Paranaguá/PR

REGIONAL DO SINDIPETRO EM PARANAGUÁ/PR

R. Odilon Mader, 480 – Estradinha

14/10/2013

18h00

Em frente ao TEPAR

11/10/2013

15h00

São Francisco do Sul/SC

Em frente ao TEFRAN

14/10/2013

12h00

Em frente ao TEFRAN/Grupo de Turno

14/10/2013

15h00

São Mateus do Sul/PR

REGIONAL DO SINDIPETRO EM SÃO MATEUS DO SUL/PR

14/10/2013

17h15

São Mateus do Sul/PR

Em frente à SIX - Grupo 3

10/10/2013

23h00

Em frente à SIX - Grupo 2

11/10/2013

23h00

Em frente à SIX - Grupo 4

14/10/2013

15h00

Em frente à SIX - Grupo 1 + Administrativo

15/10/2013

07h00

Em frente à SIX - Grupo 5

15/10/2013

15h00

 

 

Quinta, 10 Outubro 2013 14:15

Na próxima segunda-feira (14), às 10h00, acontece audiência pública no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para debater os leilões de campos petrolíferos brasileiros pela ANP (Agência Nacional do Petróleo).

A atividade é uma iniciativa conjunta dos deputados estaduais Tadeu Veneri (PT) e Gilberto Martin (PMDB), que atende uma proposição do Comitê Popular de Defesa do Petróleo, fórum que reúne sindicatos e movimentos sociais.

A realização da audiência é motivada pelo fato de a ANP ter marcado para o dia 21 de outubro a 1ª. Rodada do Pré-Sal, que licitará o prospecto de Libra. A estimativa é de que esse campo contenha até 15 bilhões de barris de óleo de qualidade comprovada, ou seja, reservas equivalentes a tudo o que a Petrobrás já descobriu de petróleo no país nesses 60 anos de existência. O leilão do campo de Libra será o primeiro sob o regime de partilha de produção, mas a nova Lei do Petróleo (12.351/2010) permite que a União celebre o contrato de exploração do campo de Libra diretamente com a Petrobrás, sem colocá-lo em licitação.

No valor atual do petróleo no mercado internacional (cerca de US$ 105), o campo de Libra vale aproximadamente US$ 1 trilhão. O bônus de assinatura para o leilão do campo de Libra foi fixado em R$ 15 bilhões pela ANP, o que corresponde a apenas R$ 1 por barril. Vencerá a empresa que oferecer a maior porcentagem do lucro à União, com lance mínimo de 40%. Se esse índice for mantido, a iniciativa privada ficará com 60% do lucro que poderia ser integralmente da União.  

Onze empresas confirmaram a participação na 1ª rodada de licitações do pré-sal mediante o pagamento da taxa de participação, dez são estrangerias (CNOOC International Limited – China, China National Petroleum Corporation – China, Ecopetrol – Colômbia, Mitsui & CO – Japão, ONGC Videsh – Índia, Petrogal – Portugal, Petrobras – Brasil, Petronas – Malásia, Repsol/Sinopec – Hispano-Chinesa, Shell – Anglo-Holandesa, e Total – Francesa).

A audiência pública irá debater a conjuntura do setor no Brasil e traçar estratégias para garantir que o petróleo nacional fique em poder da União e seus recursos sejam utilizados para o desenvolvimento do país.

Quinta, 10 Outubro 2013 12:29

Nesta quarta-feira, 09, os sindicatos filiados à FUP voltaram a se reunir no Conselho Deliberativo, desta vez em Brasília, para apontar os próximos passos da campanha reivindicatória do ACT 2013 e, avaliar a proposta de cláusulas econômicas e sociais apresentadas pela Petrobrás na segunda-feira, 07.

A proposta apresentada pela empresa na última reunião, além de incompleta, não contempla as reivindicações dos trabalhadores. Em relação às cláusulas econômicas, a empresa propõe o reajuste em 7,68% no salário dos trabalhadores na tabela da RMNR, que representa o ganho real entre 1,17% a 1,5% e um abono correspondente a uma remuneração ou R$ 4.000,00, o que for maior.

A Federação reivindica 5% de ganho real, condições seguras de trabalho para todos, fundo garantidor para os trabalhadores terceirizados, melhoria dos benefícios, mudanças no PCAC, entre outras reivindicações da categoria.

O Conselho Deliberativo indicou a rejeição da proposta apresentada pela Petrobrás e, a realização de assembléias a partir desta quinta-feira, 10, para que os trabalhadores aprovem o indicativo de greve por tempo indeterminado, a partir do dia 17, data que também acontece mais um dia nacional de luta contra o leilão de Libra, e a rejeição da proposta apresentada pela Petrobrás.

A indicação de greve da FUP e seus sindicatos foi motivada não só para que a Petrobrás apresente uma proposta decente aos petroleiros, mas para intensificar a luta pelo fundo garantidor para os trabalhadores terceirizados, pela derrota do PL 4330, que regulariza a precarização do trabalho e, pela suspensão imediata do leilão do campo de Libra, que é uma das principais bandeiras de luta da categoria nesta campanha reivindicatória.

Confira o calendário de luta indicado na última reunião Conselho Deliberativo, aprovado em assembléias, que vem sendo cumprido até o momento:

· 23\09 - início das assembléias com atrasos nas bases

· 23\09 a 02\10 – realização de seminários de qualificação de greve

· 27\09 – seminário nacional em Fortaleza para discutir estratégias de luta em defesa dos campos terrestres da Petrobrás

· 02\10 - início do acampamento da FUP e de seus sindicatos em Brasília contra o leilão de Libra

· 03\10 – greve nacional dos petroleiros por 24 horas, pela campanha reivindicatória e contra o leilão de Libra e o PL 4330

· 07\10 – ato político com a classe artística no Rio de Janeiro contra o leilão de Libra

· 09\10 – reunião do Conselho Deliberativo da FUP onde foi discutido o indicativo de nova greve no Sistema Petrobrás

· 11/10 - Ato contra o leilão do pré-sal, às 10h00, na Boca Maldita, em Curitiba

· 17\10 – Dia Nacional de Luta contra o Leilão de Libra, com atos nas capitais do país. Esta data também é referência para indicativo da greve dos petroleiros

· 21\10 – Ato Público com participação de todas as centrais e movimentos sociais em protesto contra a realização do leilão de Libra

Quarta, 09 Outubro 2013 16:46

O II Encontro Nacional da Juventude Petroleira da FUP, realizado entre os dias 02 e 05 de outubro, em Brasília-DF, reuniu cerca de noventa pessoas, entre jovens trabalhadores do Sistema Petrobrás e integrantes de movimentos sociais que participam do acampamento montado em frente à Esplanada dos Ministérios que exige a suspensão do leilão do pré-sal.


Os temas marco regulatório da mídia, formação política-ideológica e comunicação sindical contra a opressão no trabalho, reforma política, assédio moral e suas consequências, sobrecarga e adoecimento no trabalho, questões gerais do setor petróleo e suas formas de organização e exploração foram abordados por lideranças do movimento sindical e representantes dos coletivos da juventude da CUT, CNQ, MAB e MST.


As deliberações do encontro foram divididas em seis eixos: curso de formação petroleira para a juventude, atuação sindical, juventude pela soberania, cultura, construir o coletivo da juventude petroleira da FUP e pautas locais. Entre os destaques das proposições, estão o processo de construção de um curso de formação sindical e política da FUP; atuação da juventude com foco nas luta contra os leilões do petróleo, pela reforma política com participação popular e democratização da mídia; participação das comissões de pautas locais e de SMS, CIPA, CNPBz (Comissões Permanentes do Benzeno), entre outras; e renovação das direções sindicais com diversidade de gênero, raça e inclusão da juventude.


O Sindipetro Paraná e Santa Catarina enviou três representantes ao encontro, Anacélie Azevedo (Repar), Jonathas Gomes de Medeiros (Tepar) e Rafael Palenske Andrade (SIX). Clique aqui para conferir a íntegra das deliberações do II Encontro da Juventude da FUP.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro