Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Mostrando itens por tag: petrobras
Terça, 19 Agosto 2014 19:26

Uma série de acidentes foi registrada nos últimos dias e coloca mais uma vez a política de (in)segurança da Petrobrás em xeque. Enquanto o lucro for a prioridade máxima da Companhia, as vidas dos trabalhadores seguirão em risco.

O primeiro acidente foi uma explosão na área de ETDI da Refinaria de Manaus (Reman), ocorrida às 22h50 do último sábado (16), feriu o operador Antonio Rafael Santana, de apenas 24 anos, que teve 75% do corpo queimado. O trabalhador deve ser transferido para o Hospital da Força Aérea Brasileira, no Rio de Janeiro, mas a remoção só poderá ser realizada quando o quadro estiver estabilizado. Seu estado de saúde é gravíssimo.

No mesmo dia aconteceu outro acidente, desta vez na Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), onde um operador da U-1530 realizava manobra de drenagem quando foi atingido por mistura de MIBK/ÓLEO (produto com temperatura de 180o C). Ele sofreu irritações na face, pescoço e olhos. A Reduc registrou três acidentes na terça-feira passada (12). Na U-2200, a vítima teve cortes na região do braço. Na Subestação elétrica, Sub-340, um trabalhador teve ferimentos no rosto. Já o último, na U-2500, um armador de andaime cortou o supercílio.

Na Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), em Cubatão-SP, um operador teve cerca de 20% do corpo queimado nesta terça-feira (19), durante o procedimento de LIBRA (libragem). Ele estaria bloqueando uma válvula para a remoção de uma outra válvula de carga para o forno, a fim de iniciar a operação, quando uma mangueira sob pressão se soltou e causou os ferimentos.  

Sexta, 08 Agosto 2014 19:28

Nº 1332

Terça, 05 Agosto 2014 19:33

No dia primeiro de agosto, a FUP voltou a reunir-se com as gerências corporativas de RH, Serviços Compartilhados e AMS para cobrar uma resposta da Petrobrás para as propostas de melhoria no Benefício Farmácia, apresentadas pela Federação em junho. As cobranças feitas à empresa foram baseadas em questionamentos, queixas e sugestões apresentadas pelos usuários através do sistema de ouvidoria implantado pela FUP para monitorar e fiscalizar o benefício. A Petrobrás respondeu favoravelmente à boa parte das propostas apresentadas pela Federação, anunciando mudanças significativas para a melhoria do benefício, como a cobertura para medicamentos de reposição hormonal masculina e feminina, lubrificantes oculares, vitaminas e suplementos, e medicamentos para controle da obesidade.

Em relação à redução da burocracia e das exigências de análises técnicas, houve também avanços importantes que irão facilitar o dia-a-dia dos usuários. Principais mudanças: a lista de medicamentos sujeitos à análise técnica foi reduzida (veja relação abaixo); os usuários não precisarão mais apresentar nas farmácias um documento de identificação com foto, bastando a apresentação do cartão da AMS e a receita médica ou odontológica; o prazo de reembolso caiu de 12 para 10 dias no máximo (no caso de exigência de análise técnica). Além disso, conforme cobrado pela FUP, o reembolso passa a valer também parafarmácias credenciadas, quando estiver com o sistema fora do ar e se o medicamento depender de analise técnica e o usuário não puder esperar o tempo de liberação. O acompanhamento do reembolso também passará a ser feito através de um número de protocolo emitido no momento da solicitação.

Mais de um milhão de medicamentos consumidos
A Petrobrás informou que desde a implantação do novo benefício farmácia, em 31 de janeiro, 113.492 usuários utilizaram o benefício até 27 de julho. Nesse período, foram consumidos mais de um milhão de medicamentos (1.101.971) em 451.662 operações registradas, das quais 11.904 foram feitas através do sistema de delivery e 5.212, via reembolso. Os petroleiros e seus dependentes não desembolsaram nenhum tostão pelos medicamentos, a não ser a contribuição fixa mensal para manter o benefício. A Petrobrás, no entanto, continua calculando o valor desta contribuição com base na remuneração total do trabalhador e não no Salário Base, como prevê o Acordo Coletivo.  A FUP tornou a cobrar que a empresa corrija essa distorção, mas a Gerência de RH insiste que essa questão deve ser tratada na campanha reivindicatória e não no âmbito das discussões sobre o Benefício Farmácia.

Em relação ao atendimento da operadora do benefício, a e-Pharma, a Petrobrás informou que das 451 mil aquisições de medicamentos efetuadas até 27 de julho, o sistema funcionou sem falhas e que 99,7% das operações realizadas duraram menos de cinco minutos. A empresa esclareceu que nos últimos dois meses, as reclamações dos usuários caíram a menos da metade dos meses anteriores, refletindo a importância das intervenções da FUP cobrando a melhoria e agilização do atendimento.

Indicações para análise técnica:

    DIU hormonal (Mirena)
    Hepatites virais (B e C) orais e injetáveis
    Medicamentos para tratamento do HIV
    Medicamentos para Insuficiência renal crônica (oral e subcutâneo)
    Imunobiológicos (subcutâneos e intravenosos)
    Anticoagulantes (subcutâneo)
    Análogos de GnRH (intramuscular)/Hormônio de crescimento (subcutâneo)
    Análogos de GLP-1 injetáveis para Diabetes (Byetta e Victoza)
    Suporte à quimioterapia (eritropoetina e fator estimulador de colônias subcutâneo)
    Imunossupressores orais
    Champix para tabagismo
    Kit Thyrogen (tireotropina recombinante para CA diferenciado de tireóide)
    Analgésicos potentes (derivados opióides uso crônico e fentanil transdérmico)
    Medicamentos injetáveis para Osteoporose (intravenosos e subcutâneos)
    Medicamentos para Obesidade – IMC maior que 30 (Orlistrate, Sibutramina)
    Suplementos vitamínicos e alimentares (Indicações clínicas: Pós-operatório de Cirurgia Bariátrica, Doença das Paratireóides, Anemias Carenciais, Osteopenia/Osteoporose, Gestantes)
    Oncológicos Orais (checagem no sistema da AMS)
    Compras que ultrapassarem R$ 1.000,00 por usuário (somente por segurança, já que não há limite de compras)

 A FUP continuará lutando para acabar com todas as exigências de análise técnica.

Fonte: Imprensa FUP

Sexta, 01 Agosto 2014 19:46

Nº 1331

Quarta, 30 Julho 2014 14:07

As grandes chamas que saíram das tochas da Repar, em Araucária, na noite desta terça-feira (29), alarmaram a população que vive no entorno da refinaria e também dos que moram nos bairros da região Sul de Curitiba. O Corpo de Bombeiros recebeu muitas ligações que relataram um possível incêndio no parque industrial.

Informações preliminares levantadas pelo Sindipetro Paraná e Santa Catarina dão conta que houve uma ocorrência operacional e não um procedimento de manutenção, como foi divulgado na imprensa. O eixo de uma bomba do sistema de lubrificação do compressor de gases da Unidade de Desasfaltação e Craqueamento Catalítico Fluidizado (DCCF) arrebentou e a bomba reserva não respondeu de imediato conforme é projetado, o que causou a parada do compressor para prevenir danos.

Todos os produtos gerados naquela unidade (gás de refinaria, glp e nafta) foram direcionados para as três tochas da Repar, chamadas de flare, que são o sistema de segurança para despressurização em emergências, distúrbios operacionais ou partidas e paradas das unidades. A consequência disso foi a grande quantidade de fogo e fumaça preta nas tochas, o que acabou assustando a população. A situação foi normalizada por volta das 04h00 da madrugada de hoje (30/07).  

O Sindicato exige a participação no Grupo de Trabalho que vai investigar as causas da ocorrência nas bombas de lubrificação.  

Segunda, 28 Julho 2014 19:19

O Sindicato busca na Justiça o pagamento da Remuneração Mínima por Nível e Regime (RMNR) no valor equivalente ao adicional de periculosidade (30%) a partir de 2007. Nas ações de várias bases de representação do Sindicato o Tribunal Superior do Trabalho (TST) deu ganho de causa aos trabalhadores.

Na ação para os empregados da SIX, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) manteve a sentença da Vara do Trabalho de União da Vitória que julgou procedente a ação. A Petrobrás recorreu ao TST, em Brasília, e a matéria aguarda apreciação. Paralelamente, o Sindicato deu início à execução provisória com o objetivo de agilizar a realização de cálculos individualizados.

Por isso, os petroleiros da SIX têm até o dia 30 de agosto para encaminhar ao Sindicato os documentos necessários à habilitação e aos cálculos: termo de habilitação (disponível em anexo e também na Regional Sindical de São Mateus do Sul), cópia da Ficha de Registro de Empregado (FRE) e o holerite mais recente. Em caso de dúvidas, entrar em contato com o Escritório Sidnei Machado Advogados Associados (41) 3353.6906.

Serviço:
Ação da RMNR na SIX
RT 32643-2011-084-09-00-8
Encaminhar documentos para habilitação e cálculos:
- Termo de habilitação (disponível no ícone abaixo e na Regional Sindical de São Mateus do Sul)
- Ficha de Registro de Empregado (FRE)
- Holerite mais recente.

Segunda, 21 Julho 2014 14:15

Nº 1330

Terça, 15 Julho 2014 14:45

Nº 1329

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro