Mostrando itens por tag: petrobras
Quinta, 12 Fevereiro 2015 10:46

Na tarde desta quarta-feira, 11, houve uma explosão na plataforma FPSO, na cidade de São Matheus, no Espírito Santo.  O acidente foi por volta de 14h50 e, segundo informações obtidas pelo Sindipetro ES, em decorrência da explosão, morreram três trabalhadores, quatro estão feridos e seis desaparecidos. Cerca de 32 trabalhadores foram retirados da plataforma pela baleeira e estão a caminho de Vitória. Ainda segundo o sindicato, o acidente foi causado por um vazamento de gás na praça de máquinas da casa de bombas da plataforma, que é operada pela BW OFF Shore.

O incêndio já foi controlado e não há risco de novas explosões. Em breve publicaremos mais notícias sobre o estado de saúde dos trabalhadores e informações mais detalhadas sobre a causa da explosão.

Fonte: FUP com informações Sindipetro - ES

Quarta, 04 Fevereiro 2015 17:09

Sindipetro, Sindiquímica e Sindimont realizam manifestação nesta quinta-feira (05), em frente à Repar

Terça, 20 Janeiro 2015 16:05

Nº 1341

Sexta, 16 Janeiro 2015 14:09

Nº 1342

Quarta, 14 Janeiro 2015 18:10

Decisão do gerente geral da Repar de não parar unidade para manutenção causa o vazamento de até 30 toneladas de catalisador por dia para o meio ambiente.

Segunda, 12 Janeiro 2015 17:44

Em atendimento à proposta da FUP, a Gerência de RH da Petrobrás enviou nesta segunda-feira, 12, documento (clique aqui), concordando em pagar aos trabalhadores no próximo dia 19 a antecipação do 13º salário. A reivindicação foi feita pela Federação na última sexta-feira, 09, já que o adiantamento da PLR em janeiro depende do fechamento do balanço financeiro do terceiro trimestre.

Mas, em função das investigações da Operação Lava Jato, a Petrobrás foi obrigada a adiar três vezes a divulgação destes resultados, que estão sendo revisados pela empresa que faz a auditoria das contas. Segundo a Gerência de RH, ainda não há qualquer informação mais clara da Contabilidade sobre o fechamento do balanço, nem sobre resultados que serão apresentados e seus respectivos impactos no lucro.

O acordo de regramento pactuado pela FUP com a Petrobrás, em março de 2014, após quase 15 anos de luta, prevê que a empresa efetue o adiantamento da PLR utilizando a mesma metodologia dos últimos anos, que tem como princípio a comparação entre os resultados dos três primeiros trimestres do ano base e do mesmo período do ano anterior.

Fonte: FUP

Terça, 06 Janeiro 2015 11:56

Há vários anos, a Petrobrás e subsidiárias calculam o adiantamento da PLR tomando como base a comparação entre os resultados dos três primeiros trimestres do ano base e do mesmo período do ano anterior. O pagamento da PLR, bem como do seu adiantamento, que até então não tinha garantias, nem regras, foi formalizado no acordo que a FUP e seus sindicatos conquistaram em fevereiro de 2014, após 15 anos de luta.

Como é de conhecimento de todos, a Petrobrás é o principal alvo da Operação Lava Jato e, em função disso, foi obrigada a adiar três vezes a divulgação do balanço financeiro do terceiro trimestre, que está sendo revisado pela empresa que faz a auditoria das contas. A companhia já informou que, mesmo sem a conclusão da revisão, irá divulgar os resultados até o dia 30, último dia útil de janeiro, atendendo, assim, ao prazo estabelecido nos seus contratos financeiros.   

Ainda em dezembro,  a FUP encaminhou documento ao RH da Petrobrás, solicitando reunião para tratar do adiantamento da PLR 2014, mas a empresa até hoje não se pronunciou. O Acordo de Regramento da PLR, no entanto, é claro em relação ao pagamento, conforme segue a cláusula abaixo.

alt

Fonte: FUP

Segunda, 29 Dezembro 2014 16:35

Na primeira semana de dezembro foram abertas as inscrições para os candidatos ao Conselho de Administração (CA) da Petrobrás e da Transpetro, órgãos máximos de decisão das empresas, onde são deliberadas suas políticas de investimento, respeito ao meio ambiente, segurança, recursos humanos, entre outros temas estratégicos. A FUP e seus sindicatos, de forma unitária, definiram o apoio ao coordenador geral do Sindipetro-BA, Deyvid Bacelar, para o CA da Petrobrás, e ao diretor do Sindipetro-NF, Cláudio Nunes, para o Conselho da Transpetro.

Ambas as eleições seguirão o mesmo calendário, com votação em primeiro turno entre os dias 10 e 18 de janeiro. Será a quarta eleição para os CAs da Petrobrás e da Transpetro; portanto, é fundamental que os petroleiros elejam representantes que tenham ativa participação no dia a dia dos trabalhadores do setor petrolífero e que sigam a trajetória de luta em defesa da categoria e da classe trabalhadora.

Juventude, talento e combatividade
Deyvid Bacelar é técnico de segurança na RLAM, onde ingressou por concurso em 2006. Graduado em Administração, com especializações em SMS e em Gestão de Pessoas, o petroleiro desde o início de seu ingresso na Petrobrás se destacou nas lutas sindicais e comunitárias. Cláudio Nunes é técnico do Terminal de Cabiúnas, em Macaé, onde ingressou em 2006 e desde então vem atuando em prol das lutas da classe trabalhadora. Tanto Deyvid, quanto Cláudio, são jovens experientes e comprometidos com os legítimos interesses da categoria são seus melhores atributos para representar os trabalhadores e trabalhadoras nos Conselhos de Administração do Sistema Petrobrás.

Fonte: FUP

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro