Image not available
Image not available
Mostrando itens por tag: petróleo
Terça, 19 Novembro 2019 15:21

O momento é de discussão, ocupar espaço e ampliar o debate sobre os impactos que a privatização do Petrobrás irá trazer para o Paraná. Todos estão envolvidos, pois a companhia está diretamente ligada ao futuro das regiões onde atua.

Terça, 19 Novembro 2019 13:39

Afirmação é do presidente do Sindipetro Paraná e Santa Catarina que participou de audiência pública (18) na Alesc pelo Fórum de Defesa da Petrobrás, ao lado de outras frentes de defesa das estatais, órgão públicos federais e estaduais

Terça, 03 Setembro 2019 17:47

Afirmação é de Guilherme Estrella que também falou sobre a descoberta da Petrobrás, soberania nacional e sobre a falha da Shell que abriu mão da exploração que chegaria nos novos campos petrolíferos.

Segunda, 22 Julho 2019 20:42

 

Tragédia, uma palavra forte. Nos últimos anos, ela vem carregada de lama, contamina rios e destrói vidas. Num piscar de olhos viajamos no tempo e nos deparamos com o rastro de destruição promovido pela Vale em Brumadinho e Mariana, por exemplo. Algo recente. Devastador. Mas a vida segue e deixa questionamentos, como o de tentar entender a razão dessas tragédias se repetirem ao longo dos anos.

Sexta, 19 Julho 2019 19:57

 

*Foto: Mário Alberto Dal Zot, durante ato na Refinaria Landulpho Alves-Mataripe (RLAM), na Bahia (19). De norte a sul do país os trabalhadores do Sistema Petrobrás deixaram claro que não estão à venda. A categoria rejeitou por unanimidade a contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho (1%). As assembleias foram concluídas nesta sexta-feira, 19, em todas as bases da FUP.  A afrontosa proposta foi rejeitada por 100% da categoria

Segunda, 15 Julho 2019 20:19

Trabalhadores de diversas regiões farão mobilização na quinta maior refinaria do Brasil, a Presidente Getúlio Vargas (Repar). Este ato faz parte da campanha “NÃO ESTAMOS À VENDA” que acontece de norte a sul do país

Segunda, 15 Julho 2019 20:01

Dando sequência ao calendário de lutas da FUP, os petroleiros realizaram nesta segunda-feira, 15, atos nas usinas de biocombustíveis em Candeias (BA) e em Montes Claros (MG) contra as privatizações no Sistema Petrobrás e o desmonte do Acordo Coletivo de Trabalho. As manifestações ocorreram durante as assembleias para apreciação da contraproposta da empresa.

 

Na PBio e nas demais áreas operacionais e administrativas do Sistema Petrobrás, a resposta da categoria tem sido a rejeição unânime dos ataques da gestão Bolsonaro, apontando que não há saída individual. A luta por direitos e contra a entrega da Petrobrás é uma só e é coletiva.

 

A tentativa de esfacelamento do Acordo Coletivo ocorre paralelamente à ofensiva da alta administração para privatizar a toque de caixa a empresa.

 

Em menos de 40 dias, a empresa fez 11 comunicados ao mercado para venda de campos de petóleo, refinarias, terminais, plantas de fertilizantes, subsidiárias, entre outros ativos.

 

Mobilizações

 

 

Para denunciar e estancar o desmanche do Sistema Petrobrás, os petroleiros estão realizando uma série de atos nas unidades colocadas à venda.

 

As mobilizações integram o calendário de luta da campanha reivindicatória e tiveram início no dia 10, na Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e prosseguem esta semana, com atos nesta segunda (15) nas usinas de biocombustíveis; amanhã (16) na Repar e Araucária Nitrogenados (PR); quarta (17) na Refap (RS), e sexta (19) na Rlam (BA).

 

A liquidação da empresa ocorre em meio às negociações para renovação do Acrodo Coletivo de Trabalho. Os petroleiros lutam contra a entrega das unidades e também contra os ataques da gestão Castello Branco aos direitos dos trabalhadores e à liberdade e à autonomia sindical.

 

Via FUP

 

Quinta, 04 Julho 2019 14:45

Dirigentes do Sindipetro Paraná e Santa Catarina fizeram na tarde desta quarta-feira (04), em Paranaguá, uma aula pública sobre a importância da Petrobrás e do petróleo para o Brasil.

 

A atividade aconteceu na Praça Fernando Amaro, região central da cidade, durante a mobilização dos professores da rede pública estadual que, assim como demais categorias de servidores do Paraná, estão em greve desde o dia 25 de junho.

 

A aula abordou temas como a Petrobrás e sua participação na economia do país, a aplicação de recursos do petróleo para os setores da educação e saúde públicas, a importância de manter a empresa como estatal e a luta contra a privatização, entre outros.

 

Esta foi mais uma ação do Sindicato na campanha permanente de defesa da Petrobrás na qual a prática tem sido ocupar todos os espaços possíveis para promover o debate e conquistar cada vez mais apoio nesta luta.   

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro