Image not available
Image not available
Mostrando itens por tag: brasília
Sexta, 06 Setembro 2019 17:19

Cumprindo o cronograma estabelecido pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), os petroleiros estiveram reunidos na última quinta-feira (5), em Brasília, para mais uma reunião de mediação unilateral no TST, visando à renovação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

Quarta, 04 Setembro 2019 18:05

A categoria está em Brasília no lançamento da Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Soberania Nacional (04). Esse será mais um importante fórum de luta, unificando trabalhadores, movimentos sociais, parlamentares e representantes da sociedade civil organizada, contra as privatizações do governo Bolsonaro

Terça, 27 Agosto 2019 19:44

A defesa da soberania nacional é tema da série de seminários que ocorrem nos dias 4 e 5 de setembro, na Câmara dos Deputados, em Brasília. O evento, organizado pela Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo, vai debater questões relativas ao patrimônio público, à produção científica e às riquezas naturais, que estão sob intenso ataque do governo Bolsonaro. A FUP e demais sindicatos estarão presentes.

 

Um ato político na abertura do seminário lançará a Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Soberania Nacional. No encerramento, haverá a divulgação do Manifesto em Defesa da Soberania Nacional.

 

Para os dois dias estão previstos debates temáticos - Desenvolvimento Econômico e Soberania Nacional; Privatizações: Bancos, Correios, Previdência, Eletrobrás e Petrobrás; Ambiental: Amazônia, Biodiversidade, Mineração e Água; e Ciência, Tecnologia e Educação.

 

O evento será no Auditório Nereu Ramos e é aberto a todos os interessados.

 

::Confira a programação

 

4 de setembro

 

9h - Ato político em defesa da soberania nacional

11h30 - Desenvolvimento Econômico e Soberania Nacional

14h30 - Privatizações: Bancos, Previdência, Correios, Eletrobrás e Petrobrás

 

5 de setembro

 

9h - Ambiental: Amazônia, Biodiversidade, Mineração e Água

10h30 - Ciência Tecnologia e Educação.

14h - Aprovação do Manifesto em Defesa da Soberania Nacional

 

Encaminhamentos práticos para a construção de um Movimento Nacional em Defesa da Soberania Nacional

 

Via FUP (com informações do Brasil de Fato).

Quarta, 09 Março 2016 20:15

A campanha “O Xisto Não Pode Parar” segue com agenda intensa. Na semana passada, representantes dos trabalhadores da Usina do Xisto estiveram em Brasília para dialogar com personalidades políticas sobre a importância não apenas de manter as operações da unidade industrial, mas também de estimular sua capacidade produtiva para impulsionar a viabilidade econômica.

 

O foco da viagem à capital federal foram as reuniões no Ministério de Minas e Energia. Os trabalhadores dialogaram com o secretário da pasta de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis, Marco Antônio Martins Almeida, e o secretário-adjunto, João José de Nora Souto. O rol de potenciais atividades econômicas da Usina chamou a atenção dos membros do Ministério. Além de produzir óleo combustível, nafta, gás combustível, gás liquefeito e enxofre, e ainda produtos que podem ser utilizados nas indústrias de asfalto, cimenteira, agrícola e de cerâmica, a SIX desenvolveu fertilizantes para a indústria agropecuária, derivados para indústria petroquímica e também faz o processamento do lastro, um resíduo de reservatórios de petróleo e derivados que requer destinação ambientalmente correta e que tem alto custo.

 

Em Brasília, os trabalhadores da SIX também tiveram reuniões no Ministério do Desenvolvimento Agrário. A comercialização dos sub-produtos do processo, como a água de xisto, que gera fertilizantes para a agricultura, despertou o interesse das autoridades do Ministério. 

 

Ainda durante a viagem, os trabalhadores participaram de audiência no Congresso Nacional sobre a defesa da Petrobrás como empresa pública e indutora do desenvolvimento econômico e social do país.

Quarta, 09 Março 2016 20:15

A campanha “O Xisto Não Pode Parar” segue com agenda intensa. Na semana passada, representantes dos trabalhadores da Usina do Xisto estiveram em Brasília para dialogar com personalidades políticas sobre a importância não apenas de manter as operações da unidade industrial, mas também de estimular sua capacidade produtiva para impulsionar a viabilidade econômica.

 

O foco da viagem à capital federal foram as reuniões no Ministério de Minas e Energia. Os trabalhadores dialogaram com o secretário da pasta de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis, Marco Antônio Martins Almeida, e o secretário-adjunto, João José de Nora Souto. O rol de potenciais atividades econômicas da Usina chamou a atenção dos membros do Ministério. Além de produzir óleo combustível, nafta, gás combustível, gás liquefeito e enxofre, e ainda produtos que podem ser utilizados nas indústrias de asfalto, cimenteira, agrícola e de cerâmica, a SIX desenvolveu fertilizantes para a indústria agropecuária, derivados para indústria petroquímica e também faz o processamento do lastro, um resíduo de reservatórios de petróleo e derivados que requer destinação ambientalmente correta e que tem alto custo.

 

Em Brasília, os trabalhadores da SIX também tiveram reuniões no Ministério do Desenvolvimento Agrário. A comercialização dos sub-produtos do processo, como a água de xisto, que gera fertilizantes para a agricultura, despertou o interesse das autoridades do Ministério. 

 

Ainda durante a viagem, os trabalhadores participaram de audiência no Congresso Nacional sobre a defesa da Petrobrás como empresa pública e indutora do desenvolvimento econômico e social do país.

Segunda, 08 Dezembro 2014 13:35

O Sindipetro Paraná e Santa Catarina organiza uma caravana a Brasília para participar da posse da presidenta reeleita Dilma Rousseff e também realizar um ato, juntamente com as demais excursões da CUT, para pressionar os poderes públicos para avançar na pauta da classe trabalhadora, que tem como principais pontos o fim do fator previdenciário, a redução dos juros e do superávit primário, a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem diminuição de salários, o combate ao avanço da terceirização e a igualdade de oportunidades para homens e mulheres.

A previsão é que caravana saia de Curitiba às 10h00 do dia 31 de dezembro e o retorno aconteça no final da tarde do dia 1º de janeiro de 2015. Os interessados em participar devem entrar em contato com Mariley, da Secretaria Geral do Sindicato, pelo telefone (41) 3332-4554 ou pelo e-mail secretaria@sindipetroprsc.org.br.

Quarta, 09 Outubro 2013 16:46

O II Encontro Nacional da Juventude Petroleira da FUP, realizado entre os dias 02 e 05 de outubro, em Brasília-DF, reuniu cerca de noventa pessoas, entre jovens trabalhadores do Sistema Petrobrás e integrantes de movimentos sociais que participam do acampamento montado em frente à Esplanada dos Ministérios que exige a suspensão do leilão do pré-sal.


Os temas marco regulatório da mídia, formação política-ideológica e comunicação sindical contra a opressão no trabalho, reforma política, assédio moral e suas consequências, sobrecarga e adoecimento no trabalho, questões gerais do setor petróleo e suas formas de organização e exploração foram abordados por lideranças do movimento sindical e representantes dos coletivos da juventude da CUT, CNQ, MAB e MST.


As deliberações do encontro foram divididas em seis eixos: curso de formação petroleira para a juventude, atuação sindical, juventude pela soberania, cultura, construir o coletivo da juventude petroleira da FUP e pautas locais. Entre os destaques das proposições, estão o processo de construção de um curso de formação sindical e política da FUP; atuação da juventude com foco nas luta contra os leilões do petróleo, pela reforma política com participação popular e democratização da mídia; participação das comissões de pautas locais e de SMS, CIPA, CNPBz (Comissões Permanentes do Benzeno), entre outras; e renovação das direções sindicais com diversidade de gênero, raça e inclusão da juventude.


O Sindipetro Paraná e Santa Catarina enviou três representantes ao encontro, Anacélie Azevedo (Repar), Jonathas Gomes de Medeiros (Tepar) e Rafael Palenske Andrade (SIX). Clique aqui para conferir a íntegra das deliberações do II Encontro da Juventude da FUP.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro