Quinta, 06 Outubro 2022 18:40

Ministério Público vai investigar irregularidade ambiental no processo de venda da SIX

Petrobrás e Forbes & Manhattan descumprem legislação municipal ao não realizarem auditoria ambiental na Usina do Xisto.

 

Davi Macedo - Sindipetro PR e SC 

 

O Ministério Público do Paraná registrou a Notícia de Fato (0136.22.000410-7) na última quarta-feira (5) na qual informa que irá apurar possível prejuízo ambiental ao município de São Mateus do Sul no processo de venda da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX) para o grupo canadense Forbes & Manhattan Resources Inc.

 

A investigação atende a um pedido da Câmara Municipal da cidade, que apontou o não cumprimento da Lei Municipal nº 3.055/2021. A legislação prevê que empresas com atividades de elevado potencial poluidor ou degradador do meio ambiente, como indústrias petroquímicas e siderúrgicas, devem obrigatoriamente realizar auditorias ambientais compulsórias periódicas, com intervalo máximo de dois anos.  

 

A auditoria deve fazer avaliações e estudos para verificar o cumprimento das Normas Legais Ambientais, os níveis efetivos ou potenciais de poluição ou degradação ambiental, as condições de operação e de manutenção dos equipamentos e sistema de controle de poluição, as medidas necessárias para assegurar a proteção do meio ambiente e da saúde humana, além da capacitação dos trabalhadores na operação e manutenção dos sistemas e os fatores de risco advindos das atividades potencialmente poluidoras.

 

A Lei Municipal ainda estabelece que “em caso de transferência de controle de titularidade relacionada ao empreendimento de atividade descrita nesta lei, qualquer que seja o meio legal de transação, é requisito necessário a prévia realização de auditoria ambiental compulsória”. A não realização do procedimento implica no bloqueio da transferência da licença ao comprador por parte do órgão ambiental responsável.  

 

A transação envolvendo a Petrobrás e a Forbes & Manhattan descumpre a legislação municipal ao não efetuar a auditoria ambiental compulsória e, portanto, o grupo canadense não dispõe da licença ambiental para a manufatura de xisto em São Mateus do Sul.

 

A Notícia de Fato do Ministério Público não indica quando as investigações serão iniciadas, mas estabelece o compromisso com a apuração dos fatos.

 

O descumprimento da legislação ambiental é mais um problema que se soma a tantos outros na privatização da SIX. Uma negociata que envolve fraudes, favorecimento ilícito, traição e espionagem industrial.

 

 

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro

https://juniperpublishers.com/slot-gacor/ https://www.jamjoompharma.com/rtp-live/ https://hrhhotels.com/situs-slot-gacor/ https://www.lalawlibrary.org/rtp-live/ https://joyme.io/slotdemogacor https://members.lalawlibrary.org/slot-deposit-pulsa/ https://sac.philco.com.br/bocoran-admin-jarwo/ https://medicinafetalbarcelona.org/deposit-dana/ https://medicinafetalbarcelona.org/slot-gacor/ https://www.lalawlibrary.org/slot-gacor/ https://www.keltron.org/slot-gacor/ https://www.sidiap.org/toto-macau/ https://www.fspublishers.org/slot-gacor/