Quarta, 10 Agosto 2022 21:26

Repar e SIX recebem mobilizações nacionais contra a privatização e por direitos nos dias 16 e 17

As manifestações fazem parte do calendário de lutas unificadas da campanha reivindicatória 2022.

 

 

Petroleiras e petroleiros de todos os cantos do país estarão no Paraná nos dias 16 e 17 de agosto para participarem dos atos nacionais contra a privatização da Petrobrás e por direitos que acontecem na Repar, em Araucária, e na SIX, em São Mateus do Sul, respectivamente.

 

As mobilizações fazem parte do calendário de lutas unificadas da campanha reivindicatória 2022 da categoria petroleira, que combate às privatizações no Sistema Petrobrás e busca um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) digno, sem retirada de direitos, além de melhores condições aos trabalhadores terceirizados.

 

A agenda de lutas (confira as datas no final da matéria) prevê nove grandes mobilizações, a maioria em refinarias, além da participação dos petroleiros nos atos em defesa da democracia programados para esta quinta-feira (11).

 

“Estamos enviando representantes das nossas bases em todos as mobilizações programadas. Da mesma forma, vamos receber petroleiras e petroleiros de todo o país nas nossas bases nos dias 16 e 17. Como anfitriões, temos que mostrar a nossa força e ter a maior participação possível da categoria nos atos na Repar e na SIX, pois todas as unidades da Petrobrás no Paraná e Santa Catarina estão em processo de privatização”, convocou Alexandro Guilherme Jorge, presidente do Sindipetro Paraná e Santa Catarina.

 

ACT Digno!

A luta por um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) digno busca avanços nas cláusulas sociais e na AMS, ganho real e reposição das perdas salariais. A partir de agora é pressão máxima por uma nova proposta de acordo que atenda as reivindicações da categoria, pois até o momento a gestão bolsonarista da empresa só ofertou acordos indecorosos.

 

Contra a privatização!

As mobilizações também têm como pauta a privatização da Petrobrás que segue em curso graças à sanha privatista do atual governo. Assim como nos anos 90, quando grande parte das estatais foram vendidas a preço de banana, o processo tem sido o mesmo: sucateamento, retirada de direitos, desmoralização da força de trabalho e descrédito das companhias frente à opinião pública, com campanhas massivas da mídia.

 

:: Calendário de Lutas

05/08 – Ato às 07h na RPBC (Cubatão/São Paulo) – já realizado.

11/08 – Ato às 07h na REPLAN (Paulínia/São Paulo)

11/08 – Atos em Defesa da Democracia (Curitiba: Praça Santos Andrade, 18h)

12/08 – Ato às 11h no EDISEN (Rio de Janeiro)

16/08 – Ato às 7h na REPAR (Araucária/Paraná)

17/08 – Ato às 7h na SIX (Paraná)

19/08 – Ato às 7h na REFAP (Rio Grande do Sul)

23/08 – Ato às 7h na REVAP (São José dos Campos/São Paulo)

24/08 – Ato às 7h na REDUC (Duque de Caxias/Rio de Janeiro)

25/08 – Ato no Norte Fluminense (Rio de Janeiro)

 

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro

https://www.eriercd.org/toto-macau/ https://medicinafetalbarcelona.org/deposit-dana/ https://medicinafetalbarcelona.org/slot-gacor/ https://www.lalawlibrary.org/slot-gacor/ https://www.templates-preview.com/slot-gacor/ https://www.keltron.org/slot-gacor/ https://www.sidiap.org/toto-macau/