Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Sexta, 01 Outubro 2021 18:04

#2OUT: Petroleiros nas ruas para lutar pelo impeachment e contra as privatizações

#2OUT: Petroleiros nas ruas para lutar pelo impeachment e contra as privatizações Foto: PT

À véspera do aniversário de 68 anos da Petrobras, trabalhadores saem em defesa da estatal e contra o governo genocida de Bolsonaro.

 

O Sindicato dos Petroleiros do Paraná e Santa Catarina convoca a categoria a ir para as ruas gritar “Fora Bolsonaro” neste sábado, 2 de outubro. As manifestações que pedem o impeachment do presidente acontecem em pelo menos 207 cidades do Brasil e do exterior.

 

São incalculáveis as atrocidades cometidas pelo governo federal. Com a inflação na casa dos 10%, o desemprego que assola mais de 13,7 milhões de brasileiros, tantos outros milhões desalentados – que desistiram de procurar emprego, 43,5 milhões de trabalhadores no mercado informal e ainda o descaso com a saúde pública em plena pandemia fez com que o país se afundasse em diversas crises, com retrocessos em todos os campos.

 

Os atos ocorrem na véspera do aniversário de 68 anos da Petrobrás (03/10), que vem sofrendo constantes ataques. O desmonte da empresa se intensificou no atual governo. Refinarias foram vendidas a preço abaixo do valor de mercado e a estatal enfrenta diariamente o entreguismo do ministro da economia, Paulo Guedes, que já deixou claro seu desejo de privatizar todas as estatais do país. É importante que a categoria participe dos atos do dia 02 para mudar o curso da história.

 

 

Pautas da categoria petroleira para os atos do #02OUT – Fora Bolsonaro!

 

Em defesa da Petrobras

A Petrobras é estratégica para o país. Como maior empresa do Brasil, ela contribui expressivamente para o PIB, gera milhares de empregos diretos e indiretos, investe em ciência e tecnologia e apoia projetos de transformação social. Manter a petroleira a serviço da população garante a segurança energética nacional, além do desenvolvimento econômico do país. No entanto, o atual governo segue com sua agenda liberal e o desmonte da estatal caminha a passos largos com único intuito de privatizá-la.

 

A Petrobras foi construída com dinheiro do povo brasileiro e deve servir apenas aos seus interesses. Ao contrário do que se propaga por aí, sua privatização não irá gerar concorrência, pelo contrário, o Brasil ficará refém do monopólio privado, já que o parque de refino nacional foi desenvolvido para atender os mercados regionais. Não existe como uma refinaria do Nordeste concorrer com outra do Sul, por exemplo.

 

O discurso de que a ela não gera lucro é mais uma falácia do governo entreguista. Só no último semestre a empresa pagou R$ 21 bilhões em dividendos a seus acionistas, que nunca lucraram tanto às custas da população, que amarga os altos preços dos combustíveis. Quem mais perde com a privatização da Petrobras é o povo. Defender a Petrobras é defender o Brasil.

 

Contra o PPI

Implantada em 2016 pelo governo de Michel Temer, e mantida por Bolsonaro, a política de Preço de Paridade de Importação (PPI) utiliza a variação cambial do dólar e a cotação do barril de Petróleo no mercado internacional para precificar os combustíveis. Esse método beneficia apenas um pequeno grupo de acionistas, em detrimento do povo brasileiro, que paga em dólar por um combustível com custos de produção em moeda local. Isso fez com que a gasolina saltasse para R$ 7 o litro em muitas cidades do país. O gás de cozinha é vendido a mais de R$ 100. O Sindicato é contra a dolarização dos combustíveis e acredita que a Petrobrás, cujo maior acionista é o governo brasileiro, deve servir aos interesses da nação e não a um grupo minoritário de investidores privados. 

 

Em defesa do SUS e da vacinação

Na desculpa de salvar a economia durante a crise sanitária, o governo federal negou abertamente a ciência e pôs em prática sua estratégia genocida. Muitas vidas foram perdidas. A recusa em comprar vacinas, o atraso da campanha de imunização e as constantes denúncias de corrupção expõem a necropolítica que o Brasil vive. Quantas pessoas poderiam estar hoje com suas famílias se não fosse o negacionismo de Bolsonaro e seus comparsas? O Sindicato defende o SUS, a ciência e enfatiza a importância da imunização. Vacinas salvam vidas.

 

#ForaBolsonaro

O Sindipetro PR e SC pede o afastamento imediato do presidente por todos os crimes cometidos contra a nação brasileira e pelo genocídio praticado durante a pandemia, como vem sendo revelado na CPI da Covid no Congresso Nacional.

 

O Sindicato reforça a necessidade de manter todos os protocolos sanitários durante os atos. As recomendações são distanciamento de pelo menos 1,5 metros entre os manifestantes; uso de máscaras, preferencialmente PFF2 ou N95; permanecer ao ar livre e uso frequente de álcool em gel nas mãos. Caso tenha alguma dificuldade para ir até a manifestação mais próxima, converse com os diretores sindicais. Leve sua família e chame seus amigos, vamos lutar por um Brasil melhor.

 

Confira os locais dos Atos   

PR - Curitiba - Praça Santos Andrade | 15h

PR - São Mateus do Sul – Rua do Mathe | 16h30

SC - Florianópolis - Largo da Alfandega | 14h

SC - Joinville - Praça da Bandeira | 10h

 

Texto: Juce Lopes, estagiária sob supervisão de Davi Macedo (MTb 5462)

Última modificação em Sexta, 01 Outubro 2021 20:34

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro