Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Segunda, 10 Maio 2021 20:21

Gestão da Repar pressiona por trabalho na folga; Sindicato pede que trabalhadores denunciem

Jornada de trabalho durante parada de manutenção desrespeita direitos trabalhistas.

 

O Sindipetro PR e SC recebeu várias denúncias de empregados da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) que estão sendo coagidos a trabalhar no dia de suas folgas.

 

Uma jornada ilegal foi criada de forma unilateral pela empresa para o serviço de parada de manutenção e desrespeita o Acordo Coletivo de Trabalho da categoria.

 

Não bastasse o constrangimento aos trabalhadores, os gestores também pressionam para que a convocação da empresa seja atendida. Segundo as denúncias, alguns funcionários cumpriram expediente de mais de 12 horas por oito dias seguidos, sem folga.

 

O Sindicato reforça que essas jornadas são ilegais, conforme afirma o parecer da assessoria jurídica e pede que todos denunciem essas irregularidades para a entidade e órgãos competentes a fim de que as medidas cabíveis sejam tomadas.

 

Canais de denúncia:

-Diretores do Sindipetro PR e SC na refinaria

-Secretaria Especial do Trabalho: trabalho.pr@economia.gov.br

- Ministério Público do Trabalho (MPT-PR), através do site na página Coleta Denúncias (https://peticionamento.prt9.mpt.mp.br/denuncia) ou pelo APP: Pardal MPT.

-Sindipetro PR e SC: denuncia@sindipetroprsc.org.br ou no telefone (41) 3332-4554

 

 

Por Juce Lopes, estagiária sob supervisão de Davi Macedo (MTb 5462)

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro