Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Terça, 14 Julho 2020 12:46

Petrobras colonizada: exporta petróleo de qualidade e importa combustível adulterado

A Associação de Pilotos e Proprietários de Aeronaves (Aopa) levantou a suspeita sobre a qualidade do produto, ao denunciar os danos causados nos tanques de combustível, como corrosões e derretimento de peças.

 

 

Sob a gestão predatória de Castello Branco, a Petrobrás está se transformando eminentemente em uma exportadora do petróleo de altíssima qualidade produzido no pré-sal. A empresa já exporta metade da sua produção diária, cerca de um milhão de barris de petróleo, enquanto o povo brasileiro é obrigado a consumir derivados importados. Não é de hoje que a FUP e seus sindicatos denunciam os riscos desta equação, cujo resultado tem sido sempre desfavorável para o consumidor. Além de pagar preços internacionais nas bombas de gasolina e diesel, ele é também enganado com combustível adulterado, como aconteceu agora com a gasolina de aviação importada pela gestão bolsonarista da Petrobras.

 

A Associação de Pilotos e Proprietários de Aeronaves (Aopa) levantou a suspeita sobre a qualidade do produto, ao denunciar os danos causados nos tanques de combustível, como corrosões e derretimento de peças. Os problemas, segundo os pilotos, vêm ocorrendo desde junho, com consequências graves para a segurança dos voos, o que levou a entidade a suspeitar da qualidade do combustível, que deixou de ser produzido pela Petrobrás e hoje é 100% importado.

 

A única refinaria que fornecia gasolina de aviação para o país é a RPBC, em Cubatão (SP), cuja produção foi interrompida pela Petrobrás devido às obras na unidade. O combustível é usado no abastecimento de cerca de 12 mil aviões de pequeno porte, a maioria deles taxi aéreos e aeronaves privadas. No final de semana, a empresa interrompeu o fornecimento da gasolina importada, o que causou a suspensão de voos em 19 aeroportos.

 

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estão investigando o caso. A aviação comercial não foi afetada pelo desabastecimento, pois as aeronaves de médio e grande portes utilizam combustível diferente, o querosene de aviação.

 

Para o coordenador da FUP, Deyvid Bacelar, o fato é grave e deve servir de alerta para todos os brasileiros. “A decisão deliberada da gestão da Petrobrás de reduzir a produção das refinarias, priorizando a exportação de óleo cru, em detrimento do mercado nacional de derivados, deixou o Brasil refém das importações de derivados. O risco de crises internacionais e desabastecimento que nós prevíamos, já estão acontecendo. Hoje o problema é com a gasolina de aviação, amanhã pode ser com a gasolina comum e o diesel”, alerta Deyvid, ressaltando que a situação pode piorar, se as refinarias da Petrobrás forem privatizadas, como quer o presidente da empresa.

 

[FUP, com informações da AOPA | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil]

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro