Imprimir esta página
Segunda, 20 Janeiro 2020 23:38

Executivo de Araucária é contra o fechamento da Fafen-PR

Na última sexta-feira (17), representantes da FUP, CUT e sindicatos filiados se reuniram com membros do poder executivo do município de Araucária para discutir uma pauta urgente: as demissões em massa dos trabalhadores e o fechamento da Araucária Nitrogenados (Ansa/Fafen-PR).

 

Os representantes das entidades de classe estão extremamente preocupados com a eminente demissão em massa dos mil trabalhadores. Já que impacto recairá nessas famílias, além das contas públicas do município e no comércio local.

 

Fafen-PR

 

Inaugurada em 1982, a fábrica tem capacidade de produção diária de:

 

:: 1.975 toneladas de ureia

:: 1.303 toneladas de amônia

:: 450 metros cúbicos de ARLA 32

:: 200 toneladas por dia de CO2

:: 75 toneladas de carbono peletizado

:: Seis toneladas de enxofre

 

O fechamento da Fafen-PR representa para o Brasil a importação de 100% dos fertilizantes nitrogenados que consome. Além disso, o país passa a ser dependente da importação de ARLA 32, reagente químico usado para reduzir a poluição ambiental produzida por veículos automotores pesados.

 

Vale ressaltar que o Brasil é o quarto maior consumidor de fertilizantes do mundo e, com o desmonte da Petrobrás, tornou-se ainda mais dependente das importações, o que compromete a soberania alimentar.