Image not available
Image not available
Quinta, 11 Julho 2019 14:42

Rejeição Total!

Petroleiros do Paraná e Santa Catarina estão dizendo “NÃO” à contraproposta da gestão da Petrobrás para o ACT.

 

 

O resultado parcial das assembleias aponta 100% de reprovação à contraproposta da gestão da Petrobrás para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019/2021. Até o momento aconteceram assembleias nos terminais da Transpetro de Guaramirim (Temirim) e Paranaguá (Tepar), além da unidade administrativa de Joinville (Ediville).

 

Todos participantes votaram a favor do indicativo da FUP e sindicatos de rejeição desta afronta que a empresa faz à categoria ao propor 1% de reajuste salarial, enquanto destina R$ 1,041 bilhão em bônus que serão pagos nos próximos dias para um seleto grupo de colaboradores.

 

Além de propor um reajuste que não cobre sequer metade da inflação do período, a direção da Petrobrás insiste em desmontar o ACT, retirando direitos e atacando benefícios, a exemplo da assistência médica dos trabalhadores (AMS).

 

O saldo parcial das assembleias demonstra o tamanho da indignação da categoria. As sessões prosseguem até o dia 22 de julho.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro