Image not available
Image not available
Sexta, 07 Junho 2019 18:47

Mudança na tabela de turno: “liberdade de escolha” impositiva

Não participe da pesquisa sobre a mudança da tabela de turno. É cilada!

 

 

A Petrobrás vai implementar até agosto deste ano uma nova tabela de turno de oito horas para todas as refinarias e termelétricas.

 

A Companhia propôs três tabelas para os trabalhadores optarem por meio de uma pesquisa no sistema interno da empresa. A votação começou na quinta-feira (06) e deve ser encerrada no dia 21 de junho.

 

O Sindipetro Paraná e Santa Catarina orienta os trabalhadores a não participarem da pesquisa em razão da postura antidemocrática e antissindical da Petrobrás. Antidemocrática porque não coloca a opção de permanecer com a tabela atual e antissindical porque excluiu os sindicatos, legítimos representantes da categoria, do processo.

 

Sob a falsa premissa de “liberdade de escolha”, a empresa tenta empurrar goela abaixo da categoria uma mudança sem nem ao mesmo explicitar o motivo. O boicote à votação também visa a definição de uma estratégia nacional de enfrentamento e de forma a não legitimar esse processo.

 

O Sindipetro Paraná e Santa Catarina já oficiou a empresa no sentido de abrir diálogo e negociação sobre a proposta de mudança da tabela, com a apresentação de propostas alternativas no intuito de se chegar a um acordo.

 

Um processo realmente democrático seria com os trabalhadores discutindo e deliberando em assembleias sobre a escolha de uma nova tabela, não através de uma votação virtual.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro