Quarta, 13 Setembro 2017 19:29

Petroleiros do PR e SC aprovam salvaguardas à reforma trabalhista e desconto assistencial para a Campanha Reivindicatória

 

As 19 sessões de assembleias realizadas pelo Sindipetro Paraná e Santa Catarina entre os dias 04 e 13 de setembro aprovaram por ampla maioria dos votos todas as pautas em discussão.

 

O primeiro ponto referia-se ao Termo Aditivo à Pauta de Reivindicações com salvaguardas para enfrentar os efeitos da reforma trabalhista e da lei da terceirização irrestrita, aprovado por 98,7% dos participantes das assembleias. Essa pauta não registrou votos contrários e apenas 1,3% se abstiveram.

 

A segunda pauta debatida foi o desconto assistencial de 2% na remuneração dos petroleiros ativos e aposentados durante os meses de outubro, novembro e dezembro, com distribuição de 1% para a Federação Única dos Petroleiros (FUP) e 1% para o Sindicato, cuja finalidade é financiar as lutas da Campanha Reivindicatória 20017. A apuração apontou aprovação deste item com 87% dos votos a favor, 7% contrários e 6% de abstenções.

 

O último assunto discutido foi a aprovação de assembleias em caráter permanente, chancelada por 99% dos participantes e com apenas 1% de abstenções.

 

Para o presidente do Sindipetro PR e SC, Mário Dal Zot, o resultado das assembleias demonstra que a categoria está ciente dos desafios colocados para esta Campanha Reivindicatória. “A conjuntura atual é de ataques à classe trabalhadora e de desmonte das empresas estatais. Diante disso, é fundamental o fortalecimento dos sindicatos para fazer a luta em defesa dos empregos e direitos. A aprovação de todos os pontos debatidos nas assembleias mostra que a categoria petroleira tem consciência do difícil momento e se prepara para o combate com unidade”, afirmou.

 

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro