Zenith Forex carreira Taxas Forex de Omã. SEMPRE Opções de ações da Lockheed Martin EUR CHF Negociação de opções de colocação adx opcoes binarias Indicadores de negociação forex. Forex-Ultimate-Guide-to-Action-Trading fxopen forex fábrica Aprenda ler meet melhores robôs forex. Forex Peso USD. Opções Skilled Trades Feira 2018 Níveis mestres forex. xforex webtrader. Luca Indicadores de Como implementar uma estratégia de negociação de grade de sucesso opções binarias é jogo Futuros opções Opções de ações do empregado do escritório de advocacia O que é pips dianteiros em negociação forex maior alta Melhor Forex Forex vs Trading Day BEST FOREX SCALPPING SOFTWARE FB Forex. Nenhuma Execução Forex do Desecutor de Ler Sinais de Software de opções binárias legítimas Blog de Jarratt Davis Forex Horário NBAD Forex Trading. melhores provedores de sinal forex Forex trading forex.com uk bate-papo ao vivo IRS-Kapitalgewinne Aktienoptionen καταστήματα ειδών 10 dollar bitcoin женщины ищут любовников Киров how to meet gay friends Cardiff UK
Imprimir esta página
Quarta, 09 Novembro 2016 16:37

Sexta-feira é dia nacional de greve!

Retrocessos nos direitos trabalhistas e sociais motivam as manifestações em todo o país.

 

 

As centrais sindicais brasileiras prometem mobilizar milhões de trabalhadores por todo país nesta sexta-feira (11) para demonstrar a insatisfação popular com os retrocessos aos direitos trabalhistas e sociais em curso no país.

 

Uma série de protestos estão agendados. Petroleiros, petroquímicos e trabalhadores da montagem e manutenção industrial abrem as manifestações do dia no Paraná. A partir das 06h00 haverá mobilização na Repar, em Araucária. O último ato na região de Curitiba está marcado para as 18h30, na Praça 19 de Dezembro (Praça dos Pelados). Outras manifestações acontecem durante o dia (confira programação abaixo).


A PEC 55, aprovada como PEC 241 na Câmara Federal, as reformas da previdência e do ensino médio e a terceirização são apenas algumas das ameaças imediatas.

 

No Paraná as mobilizações estão sendo organizadas por três centrais sindicas: a CUT, a CTB e a Conlutas com apoio dos movimentos sociais. 

 

:: Manifestações em Curitiba

06h às 08h – Ato unificado na Repar/Fafen (Araucária);

09h00 – Manifestação dos servidores municipais na Praça Santos Andrade;

11h00 – Manifestação dos professores (APP) na Praça Rui Barbosa; 

18h30 – Ato “Fora Temer!” na Praça 19 de Dezembro.

 

:: Pautas do Dia Nacional de Greve

CONTRA A PEC 241: Que congelará por 20 anos os investimentos em serviços públicos essenciais à população, especialmente nas áreas da Saúde (Sistema Único de Saúde) e Educação (pública e gratuita), até o não reajuste do Salário Mínimo, que atinge especialmente os aposentados.

 

SAÚDE: A medida atingirá em cheio o atendimento do SUS. Programas como o Saúde da Família, remédio grátis - especialmente os de alto custo -, o SAMU, medidas de prevenção e combate à dengue, zika e chikungunya, tratamento e prevenção do HIV e DSTs, gripe H1N1, campanhas de vacinação e outros serviços serão gravemente afetados por falta de investimento do atual governo. Isso afeta também os hospitais públicos, além dos convênios com as Santas Casas e hospitais filantrópicos.

 

EDUCAÇÃO: Vai faltar dinheiro para construção, manutenção e reforma de escolas e creches; os salários dos professores ficarão congelados e não haverá novas contratações. Material e uniforme gratuito, merenda, transporte escolar serão cortados ou reduzidos. Programas como Fies e o Pronatec estão suspensos e não terão novos contratos. O governo ilegítimo acabou com o Ciência sem Fronteiras, bolsas para estudantes e pesquisadores, e cortou quase pela metade as verbas para universidades. Além disso, foram cancelados programas de alfabetização de jovens e adultos.

 

CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Cuja principal promessa do governo sem voto é punir quem mais contribuiu com o benefício, garantindo aposentadoria somente a partir dos 65 anos para trabalhadoras e trabalhadores. É importante destacar que a Constituição prevê que a Previdência é parte de um sistema amplo, a Seguridade Social – que além das aposentadorias inclui outro importante programa que também está ameaçado: o Sistema Único de Saúde (SUS).

 

CONTRA A REFORMA DO ENSINO MÉDIO: Impetrada através de uma Medida Provisória 746, a reforma, que não teve debate com a sociedade, tira a obrigatoriedade de disciplinas como Educação Física, Sociologia, Artes e Filosofia. Na prática essa reforma propõe uma forma de ensino cuja orientação está mais voltada para o mercado do que para a formação crítica da sociedade. Além disso, a reforma prevê o aumento da carga horária, com aula no período matutino e vespertino, dificultado a vida dos estudantes que trabalham em horário comercial.

 

EM DEFESA DO EMPREGO: Contra a reforma trabalhista que retira direitos garantidos e conquistados pela classe trabalhadora desde a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), implementadas há 73 anos. Um dos pontos de maior pressão da atual agenda governamental é a terceirização, que irá beneficiar diretamente os patrões, precarizando as relações de trabalho.

 

EM DEFESA DO PRÉ-SAL: Patrimônio do povo brasileiro, a maior riqueza natural do País deverá ser entregue a multinacionais estrangeiras que estão de olho nas produções brasileiras recém descobertas. O Brasil hoje é o detentor da terceira maior reserva de óleo leve e gás natural do planeta, o que faz com que o País seja uma potência energética e uma promessa na exportação de petróleo. Durante o governo Lula foi aprovada Lei no Congresso Nacional e sancionada em 2013 no governo Dilma Rousseff, garante a destinação dos recursos do Pré-Sal para a Saúde (25%) e Educação (75%).