Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Quarta, 11 Novembro 2015 16:19

Enquanto Petrobrás aposta no confronto, contingências provocam mais um acidente

A irresponsabilidade dos gestores da Petrobrás com a vida dos trabalhadores, com o meio ambiente e com a segurança das unidades que estão sob controle de equipes de contingência tem sido denunciada constantemente pela FUP e por seus sindicatos. Nesta terça-feira (10), um vazamento de óleo parou por completo a produção da plataforma P-37, na Bacia de Campos, que desde o início da greve está sendo operada pela contingência.

O acidente interrompeu a produção de 40 mil barris de petróleo e, segundo informações obtidas pelo Sindipetro-NF, inundou de óleo o convés da plataforma, chegando a atingir o mar. Além de tecnicamente despreparadas, as equipes de contingência que a Petrobrás enviou para as plataformas, refinarias, terminais, termelétricas e usinas de biodíesel, para assumirem as unidades no lugar dos trabalhadores em greve, atuam com números reduzidos de profissionais. Na P-37, onde ocorreu o vazamento, há trabalhadores embarcados há mais de 15 dias.

Ao longo desses 11 dias de greve, a pressão dos gestores para tentar manter a produção a qualquer custo já causou uma morte e vários incidentes. Enquanto isso, a Petrobrás suspende a negociação e segue calada em relação às principais reivindicações da categoria, inclusive no que diz respeito à saúde e segurança.

Em vez de buscar na mesa de negociação saídas para a greve, cuja responsabilidade é inteiramente sua, a direção da empresa continua apostando no confronto. Os violentos ataques contra a liberdade de organização sindical e o direito constitucional de greve denunciam o total despreparo dos gestores, que deveriam estar tentando resolver o impasse criado por eles.

Além de ter empurrado a categoria para uma greve que poderia ter sido evitada, se a companhia tivesse concordado em discutir a Pauta pelo Brasil, a direção da empresa agora quer acirrar o movimento, sob o risco de radicalizar a greve. Os petroleiros não irão recuar, pois a defesa de uma Petrobrás pública, integrada e comprometida com a soberania nacional é o que move a categoria. Já, os gestores...

Direção Colegiada da FUP

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro