Terça, 04 Novembro 2014 12:11

Reportagem fotográfica irá denunciar impactos das hidrelétricas na Amazônia

Financiamento coletivo é a forma de arrecadação proposta pelo fotógrafo Joka Madruga

 

Em todo o Brasil, mais de 1,2 milhão de pessoas vivem à espera do dia que serão obrigadas a saírem de suas casas. São as famílias dos atingidos por barragens oriundas das construções das inúmeras usinas hidrelétricas que existem ou ainda estão em construção no país.

A construção das usinas hidrelétricas altera a vazão dos rios para a formação das barragens, causando o desaparecimento de ambientes como parques nacionais, sítios arqueológicos e territórios indígenas, que ficam permanentemente alagados. Atualmente, há mais de 1.100 hidrelétricas em operação no Brasil. A Amazônia brasileira já conta com 24 hidrelétricas em funcionamento. De acordo com o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), a estimativa é que mais 100 mil famílias estejam nessa situação nos próximos dez anos.

Um outro olhar - Para mostrar ao país a realidade de incertezas que vivem as famílias dos atingidos por barragens, o repórter fotográfico Joka Madruga, que atua desde 1998 em prol das causas dos movimentos sociais, lança seu projeto “Águas para a vida”, uma alusão ao primeiro mote do Movimento dos Atingidos por Barragens, com o objetivo de arrecadar fundos para uma viagem à Amazônia.

Joka quer passar o mês de fevereiro de 2015 nos rios Madeira (usinas Jirau e Santo Antonio), Xingu (Belo Monte) e Tapajós (Complexo Tapajós), visitando as famílias ribeirinhas que estão prestes a perder suas casas e, com elas, parte de suas tradições. Ele precisa arrecadar R$ 40 mil para custear as despesas estruturais.

As fotos terão como resultado a produção de uma reportagem fotográfica sobre os atingidos por barragens da Amazônia, que será distribuída para sites de sindicatos, blogs militantes e jornais de esquerda.
Para arrecadar esse valor, Madruga propõe uma troca: quem contribui, recebe uma recompensa em forma de papel de parede virtual, fotos impressas ou digitais, camisetas ou publicidade. Basta escolher o que gostaria de receber ao fazer a contribuição.

Para contribuir com o projeto do fotógrafo Joka Madruga pelos rios amazônicos em busca das famílias dos atingidos por barragens de usinas hidrelétricas, acesse o link http://www.kickante.com.br/aguasparavida e escolha sua recompensa ou ajude a divulgar a campanha “Águas para a vida”.

Divulgação

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro