Zenith Forex carreira Jack Daniels Melhor Forex Estratégia Forex trading para ganhar dinheiro Sistema de trade de liberalização Análise do Mercado Forex PDF Forex Mundo Cargo Filipinas Truques de negociação de opções bacanas Swing Forex Estratégia Como as Forex Centrum Forex Taxa de câmbio Dia Trading Forex Live YouTube forex utah. O leilão de swap forex é Opções binárias Rich Forex Trading. NBAD Forex Trading. Ponto Pivot Opções binárias Trading Strategy Videos Estratégia de negociação de jacaré Você tem sistema de Forexchange grupo forex Opções binárias S & P 500 Bangladesh Negociação multi estratégia Indicador de Alerta de Bollinger Bands MT4 Terminologia Forex para iniciantes PDF Forex Broker Killer 1 minuto Estratégia Barclays Zâmbia Forex. Data de Banco Estadual da Índia Forex Ramos Pune man Aprenda Forex Negociar software de sistema de negociação automática state dating laws in Sint Genesius Rode Belgium speed dating central Natal Brazil ヒマラヤ外国為替プライベートリミテッドリミテッド toerana hookup Antsirabe Madagaskar
Segunda, 24 Março 2014 14:52

Ato das centrais sindicais resgata os 50 anos do golpe militar

A sede estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) recebeu no último dia 20 o Ato Unitário Sindical que lembrou os 50 anos do golpe militar contra o governo do presidente João Goulart e instaurou o regime ditatorial no Brasil (1º de abril de 1964 até 15 de março de 1985).  

O evento foi um resgate histórico do período mais trágico da história recente do Brasil, quando trabalhadores foram perseguidos, presos, torturados e mortos pelo Estado brasileiro sob a gestão dos militares.

O ato contou com depoimentos de trabalhadores que sofreram com a repressão do regime, como o petroleiro aposentado José Romeu Nadolny, o ex-dirigente do Sindicato dos Bancários de Curitiba e Região, Cláudio Ribeiro, o jornalista e ex-dirigente sindical Milton Ivan Heller e a ex-deputada federal Drª Clair da Flora Martins.

O advogado e vice-presidente da Comissão da Verdade, Daniel Godoy, abriu a atividade ressaltando a importância da reflexão sobre o tema. “É um resgate histórico, no sentido de que a história está sendo rescrita a partir das investigações realizadas pelas comissões da verdade, a nacional, as estaduais, da OAB e de várias instituições. Estão dando voz aos vitimizados pelo regime civil militar, pessoas que antes não tinham esta oportunidade. Buscamos com este ato construir uma cultura e uma continuidade de luta de resistência para que isso não mais se repita”, explicou.

Segundo Márcio Kieller, vice-presidente da Central Única dos Trabalhadores do Paraná (CUT-PR) e membro da Comissão Estadual da Verdade, o ato também reforçou a unidade sindical, uma vez que contou com a presença de diversas centrais. Ele recordou que este processo está acontecendo em todo o Brasil e afirmou que o evento deu início a um calendário de “descomemoração” dos 50 anos do golpe. “Esse resgate é fundamental para nós. Os trabalhadores foram os mais atingidos. Muitos tiveram que abandonar seus empregos, seus lares, suas famílias. Os dirigentes sindicais sofreram muitas atrocidades, de ordem física, moral e psicológica”, afirmou.

A atividade foi organizada pelas centrais sindicais CUT, CTB, CSB, Força Sindical, Intersindical, NCST e UGT, com o apoio da OAB Paraná.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro