Image not available
Image not available
Terça, 22 Outubro 2013 11:32

Quadro nacional da greve desta terça-feira (22)

A FUP e seus sindicatos orientam os trabalhadores do Sistema Petrobrás a intensificarem a greve em todas as bases. Apesar do leilão de Libra, a categoria segue mobilizada por avanços na campanha reivindicatória e contra o Projeto de Lei 4330, que escancara a terceirização para as atividades-fim e acaba com a responsabilidade solidária das empresas contratantes.

Em seu sexto dia de greve, os petroleiros seguem parados nesta terça-feira, 22, em todas as bases operacionais da do Sistema Petrobrás.

A proposta apresentada pela empresa na segunda, 21, ainda é incompleta e aquém do que reivindicam os trabalhadores e por isso foi rejeitada pela FUP na própria mesa de negociação. Nesta terça, às 10 horas, haverá mais uma reunião com a Petrobrás e às 15 horas os sindicatos da FUP reúnem-se para avaliar junto com a direção executiva da Federação o fortalecimento da greve e os próximos passos em relação à campanha reivindicatória.

Portanto, a greve dos petroleiros continua forte em todo o país, com mais adesões e participação dos trabalhadores terceirizados em diversas bases da FUP. A força da greve continua sendo o termômetro das negociações com a Petrobrás.

Acesse aqui a proposta apresentada pela Petrobrás na segunda-feira, 21.

QUADRO NACIONAL DA GREVE NAS BASES DA FUP

Plataformas e campos terrestres
Bacia de Campos: 42 plataformas.
Bahia: campos de produção terrestre de Miranga, Bálsamo, Araçás, Taquipe, Buracica, Candeias e  22 poços do Ativo Norte.
Rio Grande do Norte: 22 plataformas marítimas e campos terrestres de Alto do Rodrigues, Campo do Amaro, Riacho da Forquilha, Base 34 e Campo de Estreito.
No Espírito Santo: estação Fazenda Alegre, Fazenda Cedro e SM-8.

Refinarias
Estão parados os trabalhadores das refinarias de Duque de Caxias (Reduc/RJ), Manaus (Reman/AM), Paulínia (Replan/SP), Mauá (Recap/SP), Mataripe (Rlam/BA), Gabriel Passos (Regap/MG), Paraná (Repar), Alberto Pasqualine (Refap/RS), Abreu e Lima (Pernambuco), Potiguar Clara Camarão (RPCC/RN) além da SIX (usina de Xisto/PR) e da FAFEN (fábrica de fertilizantes/BA), Lubnor (fábrica de Fertilizantes do CE).

Transpetro
Na Transpetro, a greve atinge os terminais de Solimões (AM), Suape (PE), Jaboatão (PE), Madre de Deus (BA), Campos Elíseos (Duque de Caxias/RJ), Cabiúnas (Macaé/RJ), Guararema (SP), Guarulhos (SP), São Caetano (SP), Barueri (SP), São Francisco do Sul (SC), Itajaí (SC), Guaramirim (SC), Biguaçu (SC), Paranaguá (PR), Osório (RS), Canoas (RS) e Rio Grande (RS).

Gás, Biodiesel e Termoelétricas
Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas (UTGC/ES);  malha do gás de São Paulo; usinas de Biodiesel da Bahia e de Montes Claros (MG); Termorio (Duque de Caxias), Termoeletrica Aureliano Chaves (MG) e Termoelétrica de Sepé Tiaraju (RS).

Fonte: Imprensa da FUP

Última modificação em Terça, 22 Outubro 2013 11:49

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro