Sexta, 29 Junho 2012 00:00

Propostas de PLR são amplamente rejeitadas, mas Petrobrás continua enrolando

FUP convoca Conselho Deliberativo para quinta-feira, 05/07

Apesar da ampla e massiva rejeição dos trabalhadores às propostas de quitação da PLR 2011 e de regramento das PLRs futuras, a Petrobrás continua se fazendo de surda e muda. Antes mesmos das assembleias serem concluídas, a FUP já havia cobrado da empresa uma nova contraproposta e a retomada imediata das negociações. Mas até o a tarde desta sexta-feira, 29, o RH não havia se pronunciado.
Em função disso, a FUP está convocando o seu Conselho Deliberativo para uma reunião na próxima quinta-feira, 05, para discutir os próximos encaminhamentos e também as questões relativas à Petros. O Conselho é formado por um representante de cada sindicato filiado e pela diretoria executiva da FUP.
Mais de 98% de rejeição
Seguindo os indicativos da FUP, os petroleiros rejeitaram as propostas da Petrobrás e aprovaram a decretação do estado de assembleia permanente.  As assembleias foram concluídas em todo o país no dia 26. Em várias bases, as propostas da empresa foram rejeitadas por unanimidade. Nenhum sindicato da FUP registrou menos de 98% de rejeição nas assembleias, comprovando a total insatisfação da categoria com a proposta apresentada pela empresa, que reduz em 15,73% o piso da PLR em relação ao exercício de 2010, além de prejudicar os trabalhadores com menores remunerações. Daí a urgência de regras claras e democráticas para distribuição dos lucros construídos pela categoria.

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro