O Xisto Não Pode Parar!

O fato de a Petrobrás ter criado um grupo de estudo para avaliar a viabilidade econômica da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), em São Mateus do Sul, causa preocupação na categoria e na sociedade local. Isso porque, diante do cenário de crise na Petrobrás e em todo o setor petróleo, pode ser uma sinalização de encerramento das atividades da SIX.

Diante disso, uma série de entidades da sociedade civil organizada e representantes políticos se engajaram na luta em defesa da SIX e lançaram a campanha “O Xisto Não Pode Parar”. O movimento, no entanto, vai além da manutenção das atividades da SIX. É preciso garantir investimentos na Usina do Xisto para que ela seja de fato viabilizada economicamente. Caso contrário, a cada queda abrupta no preço do barril de petróleo as ameaças de encerramento das atividades voltam à tona.

A Usina produz óleo combustível, nafta, gás combustível, gás liquefeito e enxofre, e ainda produtos que podem ser utilizados nas indústrias de asfalto, cimenteira, agrícola e de cerâmica. Porém, por ser um Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica, desenvolveu fertilizantes para a indústria agropecuária, a partir da água de xisto; e também faz o processamento do lastro, um resíduo de reservatórios de petróleo e derivados que requer destinação ambientalmente correta e que tem alto custo. Ainda no rol de atividades econômicas viáveis, o processamento do xisto permite a reciclagem de pneus em larga escala.

Quinta, 30 Março 2017 18:50

 

Na próxima quarta e quinta-feira, 05 e 06 de abril, o assessor jurídico do Sindipetro PR e SC Roberto Mezzomo estará na Sede Regional Sindical de São Mateus do Sul para realizar atendimentos e palestrar sobre aposentadoria especial.

 

Na quarta (05), entre 10h00 e 18h00, o advogado vai realizar atendimentos, mas com ênfase na ação dos interníveis (1478). É importante que todos os trabalhadores da ativa na Usina do Xisto compareçam para certificar se o nome consta na lista do processo coletivo.

 

Entre as 09h00 e 10h00 de quinta-feira (06) os atendimentos jurídicos serão retomados. Por volta das 10h00, Mezzomo palestrará sobre aposentadoria especial. Após o intervalo do almoço continuará com os atendimentos.

 

Não é necessário agendar horário. Os atendimentos serão por ordem de chegada e até mesmo em grupos. 

Sexta, 24 Março 2017 19:20

Nº 1385

Sexta, 17 Fevereiro 2017 19:15

Nº 1384

Terça, 07 Fevereiro 2017 17:09

Nº 1383

Terça, 07 Fevereiro 2017 15:51

Nº 1381

Sábado, 24 Dezembro 2016 16:27

Gestão da Repar manteve petroleiros retidos dentro da área industrial; trabalhadores do Tepar também foram obrigados a estender a jornada.

Sexta, 23 Dezembro 2016 14:01

 

 

A greve dos petroleiros foi iniciada à zero desta sexta-feira (23) e mobiliza a categoria em diversas unidades do Sistema Petrobrás no país. A estratégia aprovada nas assembleias são paralisações a qualquer momento a partir de hoje.

 

No Paraná, o movimento atingiu a Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) e a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen-PR), ambas em Araucária; a Usina do Xisto (SIX), em São Mateus do Sul; e o Terminal Transpetro de Paranaguá (Tepar). Na Repar, Fafen-PR e Tepar houve corte de rendição do turno de revezamento ininterrupto à zero hora. Já na SIX foi realizado atraso na entrada do expediente.

 

A categoria protesta contra a proposta da direção ilegítima da Petrobrás para o Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2015/2017. Neste ano deveriam estar em negociação apenas cláusulas econômicas, mas a empresa insiste em querer impor a redução da jornada com diminuição de salários para o regime administrativo dos trabalhadores com horário flexível.

 

Outro entrave crucial nas negociações é o não-cumprimento do acordo do Adicional por Tempo de Serviço (ATS) na Fafen-PR, firmado ainda em novembro do ano passado.

 

Os petroleiros também demonstram revolta com a gestão da direção da empresa, cujas ações se resumem a arrochar salários, retirar direitos e vender importantes ativos, ou seja, tenta destruir a Petrobrás, empresa que é patrimônio de todo o povo brasileiro.     

Terça, 20 Dezembro 2016 18:20

 

O Sindipetro Paraná e Santa Catarina comunica que não haverá expediente na sua Sede Regional de São Mateus do Sul entre os dias 26 e 30 de dezembro. O atendimento será retomado no dia 02 de janeiro.

 

Em casos de urgência, os petroleiros da SIX devem entrar em contato com os dirigentes sindicais locais Rafael (41 99779-0017), Berthier (42 99825-9206) e/ou Fernando (42 98813-0990).

 

Jornal Revista

Edição Nº 1418

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro