Image not available
Image not available

Benefício farmácia

Como a cláusula do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) sobre o Benefício Farmácia não estava sendo cumprida, a FUP pressionou e exigiu o rompimento do contrato com a operadora, o que ocorreu em 15/09/2015. Agora a Federação exige que a Petrobrás inicie, o mais rápido possível, os procedimentos necessários para garantir a retomada do benefício e assim cumprir o ACT.

Como não há mais farmácias credenciadas, segundo a AMS/Petrobrás, provisoriamente o Benefício Farmácia tem duas formas de atendimento:

Delivery – O delivery deverá ser usado para compra de medicamentos oncológicos e/ou de alto custo, cujo preço unitário seja maior que R$ 300,00. Este valor refere-se a cada medicamento e não ao valor total da compra. Para receber o medicamento em casa, os beneficiários devem solicitar pelo e-mail [email protected]

Reembolso – Para os demais medicamentos, os beneficiários devem comprar em qualquer farmácia, pedir a nota fiscal e guarda-la juntamente com a receita, ou cópia desta, para posterior reembolso.

O desconto relativo à participação do Benefício Farmácia ficará suspenso a partir de outubro de 2015 até o restabelecimento do benefício.

Na última reunião com a FUP, realizada no dia 25/01, A Petrobrás informou que está em final de negociação com a terceira colocada no processo de licitação para renovação da nova operadora do benefício. A FUP exigiu que a Petrobrás apresente uma solução definitiva para a retomada do Benefício Farmácia até o dia 18 de fevereiro, quando será realizada a reunião da Comissão de Acompanhamento do Acordo Coletivo.


Na dúvida entre em contato com a Secretaria dos Aposentados: (41) 3332.4554 – Ramal 203 | [email protected]


Orientações da AMS sobre reembolsos não efetuados pela Global Saúde

Foram tantas as reclamações sobre problemas na gestão da Global Saúde no Benefício Farmácia que a situação ficou insustentável e o contrato com a empresa foi rompido no dia 15 de setembro.

Junto com a quebra contratual vieram novos problemas com os reembolsos de gastos com medicamentos solicitados à Global. Diante disso, o Sindipetro Paraná e Santa Catarina buscou soluções junto à Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS). A orientação passada ao Sindicato foi de que os beneficiários que requisitaram o reembolso entre 28 de março e 15 de setembro e não obtiveram resposta devem encaminhar até o dia 31 de janeiro de 2016 a documentação (descrita abaixo) para o e-mail [email protected] ou chave BNF01.

A Petrobras avaliará as solicitações e os beneficiários receberão resposta em dois momentos: o primeiro, quando será acusado o recebimento e indicadas eventuais pendências; o segundo, informando resultado final da análise.Os valores das solicitações aprovadas serão reembolsados pela Petrobras.

• Cupom/nota fiscal ou cópia impressa da Nota Fiscal Eletrônica: referente às despesas com aquisição do medicamento. Devem conter: nome do estabelecimento/instituição; o número do CNPJ; data de compra; o valor da compra; quantidade adquirida; o nome comercial do produto; o número da nota fiscal e demais itens exigidos pela legislação vigente.

• Receita médica ou odontológica dentro do prazo de validade: com CRM/CRO do profissional (legível) e dentro do prazo de validade estipulado. A data da receita é item obrigatório e não poderá ser posterior à data da compra.

• Formulário de Reembolso: formulário preenchido e assinado com dados bancários e CPF do beneficiário titular. O formulário está disponível no site http://www.ams.petrobras.com.br. Para medicamentos cuja cobertura requer análise técnica, será exigida, além dos itens anteriores, a seguinte documentação:

• Laudos médicos/odontológicos contendo o diagnóstico, a indicação e tempo de duração previsto para o tratamento prescrito;

• Resultados de exames complementares que comprovem a doença ou a necessidade da medicação;

• Formulário de Medicamentos Oncológicos preenchido pelo médico prescritor, em casos de tratamento oncológico ou de suporte hematológico à quimioterapia.

Ajuda p/ aposentados!
Os aposentados e pensionistas que tiverem dificuldades em cumprir com os requisitos para o reembolso devem procurar a ajuda do Sindicato pelo telefone (41) 3332.4554 – Ramal 203 ou diretamente na Sede, junto à Secretaria dos Aposentados (R. Lamenha Lins, 2064, Rebouças – Cuririba-PR)