Quinta, 13 Julho 2017 14:30

Petros iniciará processo de recadastramento dos participantes do PPSP e PP-2

Assistidos terão que atualizar os dados de 18/07 a 31/08; prazo para os ativos vai de 01/08 a 15/09

 

 

A Petros está começando um amplo recadastramento dos participantes dos dois maiores planos da Fundação: o Plano Petros do Sistema Petrobras (PPSP) e o Plano Petros-2 (PP-2). A campanha inclui mais de 120 mil pessoas e será fundamental para a sustentabilidade dos planos de benefícios e o bom atendimento aos participantes.

 

É com base nas informações do cadastro, como idade, estado civil e número de dependentes dos participantes, que a Petros calcula quanto será necessário para honrar os compromissos futuros. E, para que sejam corretos, esses cálculos precisam se basear em informações que realmente correspondam à realidade. Dados atualizados também garantem que, na hora em que os participantes ou seus dependentes forem receber um benefício da Petros, eles serão atendidos de forma ágil e correta.

 

O recadastramento será feito exclusivamente pelo Portal Petros (www.petros.com.br). Para acessar o formulário de recadastramento, será necessário ter em mãos a matrícula e a senha Petros – a mesma usada para entrar na área do participante no portal.

 

Também serão necessários documentos para comprovar algumas informações. No caso dos participantes, isso só será pedido se houver mudanças nos dados pessoais. Assim, poderá ser preciso enviar identidade, CPF, certidão de casamento ou certidão de casamento com averbação de divórcio, dependendo da informação que for atualizada. Por exemplo, se houve uma alteração de nome, será necessário enviar a identidade; se o estado civil mudou, o documento solicitado será a certidão de casamento ou de casamento com averbação de divórcio.

 

Os participantes ativos terão de enviar ainda o Extrato de Contribuições Previdenciárias, também conhecido como CNIS. Este documento é essencial para os cálculos da Petros e seu envio é obrigatório. No próprio formulário do recadastramento há um passo a passo ensinando como obter o CNIS. 

 

Para os dependentes será necessário enviar a documentação, mesmo que não tenha havido mudança nas informações que constam atualmente no cadastro da Petros. Para cada um deles, será pedido a identidade, CPF dos maiores de 12 anos, declaração da faculdade para os universitários e certidão de óbito, caso algum deles tenha falecido. Os documentos devem ser enviados digitalmente no próprio formulário do recadastramento. Serão aceitos os formatos JPEG, PDF ou TIFF.

 

A Petros também preparou um passo a passo sobre como preencher o formulário de recadastramento. E, por causa do grande número de pessoas, a campanha foi dividida em etapas. De 18/7 a 31/8, deverão se recadastrar os aposentados e pensionistas. Já os participantes ativos terão que atualizar seus dados entre 1/8 e 15/9. O acesso à ferramenta só será liberado para os participantes no período de recadastramento de cada um dos grupos.

 

Petros enrijece regras para alteração de dados bancários de aposentados e pensionistas

A mudança dos dados bancários só poderá ser feita com o preenchimento do formulário “Pedido de Alteração de Dados Bancários”, que deve ser assinado e ter firma reconhecida em cartório. O aposentado ou pensionista podem baixar o formulário, acessando o portal da Petros com sua senha ou solicitar por outros meios de seus canais de atendimento, bem como diretamente ao representante da Petros na sua região. Também será necessário anexar cópia autenticada em cartório do documento de identidade e cópia comum de um comprovante da nova conta bancária (cartão do banco ou extrato).

 

A documentação poderá enviada para Petros pelos Correios ou entregue ao representante da Petros da sua região. As alterações começam a valer para crédito do benefício no mês seguinte ao recebimento da documentação na Petros. Por exemplo, se o formulário e os anexos chegarem até o último dia útil de julho, a nova conta bancária será usada para pagamento do benefício de agosto.

 

O enrijecimento das normas para alteração de dados bancários para aposentados e pensionistas tem a finalidade de combater fraudes.

 

Concessão de empréstimos Petros

Para aposentados e pensionistas o empréstimo Petros é creditado exclusivamente na mesma conta bancária na qual é depositado o benefício. Quando houver alguma alteração de banco, agência ou conta corrente, o empréstimo só poderá ser concedido 60 dias após o cadastramento dos novos dados bancários. 

Jornal Revista

Edição Nº 1396

Veja Todos os Jornais

TV Sindipetro